Sarcopenia: o que é e como se prevenir

Sabe uma coisa comum quando a gente passa dos 40 anos? Dizer “eu poderia ter me cuidado melhor quando mais jovem”. Ainda bem que cuidar da saúde é algo bom de fazer em qualquer tempo. Mas, também tem outra coisa: que tal prevenir agora de males que podem nos acometer no futuro? Como este blog trata de coisas que tenham a ver com as pessoas de 40 (ou mais), trago alguns alertas a este respeito. Vou tentar fazer uma série de posts dentro da temática.

Começo escrevendo sobre sarcopenia. Nunca ouviu falar? Confesso que até pouco tempo atrás eu também não sabia da existência, mas achei por bem pesquisar. Para começar: você sabe: ter um bom índice de massa muscular não é coisa só do povo do treino.. Os músculos são responsáveis pelo movimento e estabilização do corpo. A sarcopenia é a perda progressiva de massa magra e força muscular que atinge as pessoas normalmente a partir dos 40 anos de idade. Atividades triviais como caminhar ou levantar algum peso se tornam mais difíceis e, assim, perde-se muito em qualidade de vida. Aquilo de dizer que se sente mais fraco com a idade não deveria ser tão intenso, entende?  

A causa da sarcopenia, acredita-se, é a diminuição no índice de alguns hormônios, como a testosterona, que chega com o passar do tempo. Nas mulheres, o período da menopausa é para levantar a bandeirinha de alerta. Mas outros dois fatores se destacam quando se trata de apontar causas para a perda da força e massa muscular: sedentarismo e nutrição inadequada. Exercícios, principalmente a musculação, são extremamente importantes.

Quando se trata da alimentação, a ingestão de proteína é fundamental à construção do tecido muscular. Você vai encontrá-la no feijão, em verduras verde-escuras e em alimentos de origem animal. Outro elemento que dá força aos músculos é a Vitamina D, aquela dos raios solares, assim como potássio e magnésio. Se o objetivo é suprir o organismo de tudo que é necessário, algo providencial é o suplemento alimentar. Aqui eu me refiro tanto a prevenir quanto a reconstruir o que já foi perdido. Então, já sabe: nada de achar que perder todo o vigor muscular é normal, mesmo com o passar dos anos. Vamos prevenir contra a sarcopenia e ter mais força durante muito mais tempo! Afinal, os 40 anos são só o começo do resto da vida – e a gente quer que seja muito boa, obrigada!

* post patrocinado

Cinco benefícios do Whey Protein

Experimentei Whey Protein. É, eu sei, demorei , mas acontece que eu achava que Whey fosse um produto só para malhadores e, não sendo esta minha condição, talvez não me fizesse bem. Que engano! Ele é muito bom para a saúde de qualquer pessoa! Aí eu fui convidada a falar a respeito do FortiFit PRO, suplemento alimentar da Danone (portanto, com o selo de garantia de uma empresa confiável), e me informei mais a respeito.

Para quem ainda não sabe, a Whey é a proteína extraída do soro do leite, algo riquíssimo em aminoácidos essenciais, ou seja, aqueles que chegam até o nosso corpo pela ingestão de algum alimento (o nosso corpo não produz esse tipo de aminoácido sozinho).  Vamos a alguns benefícios mais (e nem tanto) conhecidos:

  1. Ganho de massa muscular – como é mais conhecido como ‘alimento de atletas’, provavelmente esse é o benefício mais conhecido do Whey. É o que muitos procuram quando querem desenvolver a hipertrofia muscular – e, para isso, é preciso estar aliado a exercícios. Essa característica vem principalmente da leucina, que estimula a síntese de tecido.
  2. Aumento da densidade óssea – com o avanço da idade há a diminuição da massa magra e da densidade óssea, naturalmente (especialmente nas mulheres, após a menopausa). O consumo de Whey promove a formação de massa muscular e fortalece os ossos.
  3. Diminuição da inflamação do corpo – Ajuda na cicatrização. Há estudos que dizem até que o produto pode ter ação anti-diabética.
  4. Pode ajudar a controlar os níveis de colesterol – Há estudos que dizem que o Whey pode converter o colesterol ruim em colesterol bom.
  5. Prevenir o envelhecimento – Olha, a gente vai envelhecer, isso é fato. Mas a gente pode envelhecer bem, né? O Whey Protein é rico em glutationa, um antioxidante bastante poderoso. Estudos indicam que pode ajudar a quem tem catarata, glaucoma, osteoartrite e até perda de memória!

Antigamente havia quem dissesse que o Whey Protein poderia sobrecarregar rins e/ou fígado, mas já se sabe que isso só acontece se for em doses excessivas.

O FortiFit PRO, da Danone, é riquíssimo em Whey Protein, cálcio (ótimo para os ossos) e Vitamina D (aquela, do sol, que auxilia na absorção do cálcio). São nutrientes importantes que ajudam na manutenção de músculos e ossos saudáveis. Já estou incorporando à minha dieta. No site da FortiFit PRO é possível saber todas as informações sobre ele. Recomendo conhecer bem! No site você também fica sabendo onde pode comprá-lo.

* Este post é um publieditorial. 

Três “Modas” atemporais

Eu curto moda, mas não sou a que vive mudando todo o guarda-roupa a cada estação…nem tenho grana pra isso, nem teria paciência. Como a maioria das pessoas, repito roupas e tenho umas peças-coringa. Aliás, tem umas pecinhas que, ao longo do tempo, a gente vai percebendo que sempre tem que ter mesmo, porque vai salvar a gente naqueles dias de não saber o que vestir, mas também porque conseguem combinar, como poucas coisas, o “vestir bem” com o “fazer sentir bem”. Fiz uma listinha bem rapidinha, com três delas, pra ver se vocês concordam comigo:

calca-jeans-de-corte-reto

camisa-branca-moda

chinelos

Percebam três coisas aqui nessas “modas” que estou citando:

  1. Elas servem para mulheres, homens, trans, enfim, pra todo mundo, sem distinção de gênero.
  2. Não citei grifes, porque você encontra de várias marcas, com vários preços, com muita facilidade. Veja esses itens como investimentos, porque você vai usá-los, com toda certeza.
  3. Essas “modas”, além de ser lindas, privilegiam um item que acho essencial, especialmente quando vai passando o tempo e a gente começa a “sentir” mais o nosso corpo, digamos assim: conforto. Que sensação boa, a de sentir-se bem dentro da própria roupa!

Você encontra esses “itens de moda” em lojas do shopping, lojas do centrão, em lojas online (fique ligado, há várias ótimas, inclusive com descontos ótimos, como esta aqui) e afins. Ficar bem e sentir-se bem, este é o cerne da questão, isso é estar na moda.

Imagens das artistas: Pinterest