Depois dos 40: a lista

lista #depoisdos40 depois 40 anos to do

Sabe uma coisa que sempre me incomodou? Aquelas listas “preciso fazer antes dos 30” – ou dos 20, dos 40, enfim, “antes” de alguma coisa. Me incomodam porque elas tem prazo pré-determinado. Se não conseguir realizar até aquele marco estabelecido no tempo, fica a frustração por não ter conseguido realizar. Eu sou ansiosa demais, uma lista assim não me faria bem.

Bem, existem aquelas coisas que você imagina que já terá realizado quando chegar à uma certa idade e se frustra um pouco por não ter “chegado lá”. Mas basta pensar um pouco mais e vê que realizou outras, enfrentou um outro tanto e está aí, vivona e bem. Isso é bom.

Mas, voltando às listas, sabe o que mais? Resolvi começar uma pra fazer depois dos 40. Assim, sem prazo determinado, sem obrigações de TER que cumprir coisa nenhuma. Porque se há uma coisa boa nessa idade é saber que você pode dispensar várias obrigações, principalmente aquelas que você mesma estabeleceu ou alguém que nem paga suas contas resolveu estabelecer para você.

Então pedi ajuda a algumas pessoas pelo Twitter para que eu fizesse a minha lista “#depoisdos40”. Obrigação de cumprir? Nenhuma! É apenas um leque de possibilidades e – quem sabe? – uma inspiração pra quem acha que está tarde demais pra alguma coisa que tem vontade de fazer. Então, primeiro coisas que eu tinha pensado:

– Aprender a dirigir (reaprender e perder o pânico de direção, no meu caso)

– Ter mais humor e rir cada vez mais de mim mesma

– Voltar à terapia

– Aprender outro idioma (só sei português e inglês e fiz um semestre de francês, então pode ser continuar o francês ou começar outro qualquer, incluindo o hebraico)

– Voltar a tentar o mestrado

– Levar a minha vaidade e saúde mais a sério

– Fazer um curso de culinária. Depois, o de Gastronomia (superior) ou de Nutrição.

– Fazer aula de música. Canto.

– Aprender a dançar

– Saltar de para-quedas

– Ir de passageira em um vôo acrobático

– Conhecer algum (alguns) país (países) da Europa. E a Turquia. E outros lugares.

– Aprender tricô (opa! coisa de gente velha? dane-se. eu quero)

– Comer um space cake (não, fumar não me “apetece”)

– Ter um filho

– Escrever um livro (até já comecei, não sei se um dia terminarei)

– Me apaixonar de verdade verdadeira (por alguém que sinta o mesmo, de preferência)

– Casar

– Ter uma festa de casamento, para abençoar a união e celebrar o acontecimento

– Pintar o cabelo de uma cor bem diferente do meu (já fiz isso aos 20 e poucos, ficou horrível). Talvez deixar de “alisar” os cabelos e voltar a ter (muitos) cachos. 

– Fazer top less numa praia

– Começar a malhar pra valer, até ficar gostosona

– Meditar (pra quem é ansiosa, isso é algo gigantesco)

– Conseguir pesar menos de 58kg de novo (hoje tá quase 64kg, meu recorde)

Bem, essas foram algumas das que pensei. Umas bacanas, outras bem bobas, eu sei. Mas é assim que tem que ser. Como disse, alguns amigos começaram a sugerir outras, que vou colocar em um outro post. Se você tem sugestões a me fazer, por favor, me mande, seja comentando aqui no post ou por Facebook, Twitter ou qualquer outra rede social – verei se você colocar a hashtag #novosquarenta, ok? Agradeço muitíssimo se puderem me sugerir coisas bem bacanas, porque estou ansiosa – desta vez no bom sentido – pelas possibilidades que me aparecem. Se conseguir cumprir algumas, acho que terei um futuro bem interessante.

Aguardo!

2 ideias sobre “Depois dos 40: a lista

  1. Pingback: Um item cumprido na “lista pós 40″: voltei a ter cachos! | Novos 40

  2. Pingback: Minha primeira corrida (ou: menos um item na lista) | Novos 40

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *