Banco de Currículos para +50

Quanto mais velho, mais difícil conseguir uma colocação no mercado de trabalho. Convenhamos: a realidade é essa. Mas essas pessoas podem ter muito a acrescentar às empresas, com a sua experiência, vontade de mostrar trabalho e conhecimentos adquiridos ao longo do tempo. É bom para as empresas e para as pessoas, que se mantém motivadas (não são raras as histórias de pessoas que têm um declínio rápido da saúde assim que deixam de trabalhar).

Então, para juntar essas pessoas mais maduras, com bom currículo, e empresas eis que surge a MaturiJobs, plataforma de currículos voltada para pessoas que têm mais de 50 anos de idade. Os ‘Novos40″ ainda não estão lá, mas é bom lembrar que não está tão longe assim, né? Achei a ideia sensacional! Vale dar uma olhada. Empresas também podem se cadastrar para receber esses profissionais.

P.S. Aproveitando o tema, olha outro banco de currículos bacana: o Contrate uma Mãe é voltado para as mães que querem voltar ao mercado de trabalho. As empresas que se dispõem a contratá-las também podem se cadastrar. Bacana, não acham?

Meryl Streep e as roteiristas +40

meryl streep oscar gif

Como não amar Meryl Streep? Ela é financiadora de uma iniciativa exemplar: o Writer’s Lab, um grupo de mulheres roteiristas com mais de 40 anos de idade criado pelo New York Women in Film and Television. O anúncio sobre o coletivo de mulheres foi feito no último domingo, durante o Festival de Filmes de Tribeca. O objetivo é ter mais participação feminina na TV e no cinema.

Para isso o grupo fará seleção de roteiros feitos por mulheres que tenham a partir dessa idade. O número de mulheres roteiristas vem caindo consideravelmente, nos Estados Unidos. Muito válida a iniciativa e melhor ainda a oportunidade para as profissionais da área. O grupo também tem a participação de outras profissionais do cinema. É uma ideia ótima para as mulheres dessa área, especialmente as que tem mais de 40 anos – afinal, o mercado não se torna exatamente mais fácil a partir dessa idade, em segmento nenhum. O apoio de Meryl é excelente, não apenas pelo dinheiro, mas pela visibilidade que o grupo tem com isso.

Não é de hoje que Meryl Streep se engaja na luta pela igualdade de direitos da mulher e por mais espaço para elas. Vale lembrar a reação dela na última edição do Oscar ao discurso de Patricia Arquette, que falou sobre a necessidade de abertura do mercado às mulheres e igualdade de direitos. Olha o vídeo aí embaixo, para relembrar!

Como entrar no mercado de trabalho depois de fazer 40 anos?

Vi esse vídeo bem bacana no site da revista Exame e percebi que combina muito com o Novos40. Nele o empresário Carlos Felícimo Ferreira, fundador do Group4, empresa que tem, entre suas atividades, o recrutamento de profissionais para grandes grupos fala a respeito de contratações de pessoas que tem a partir dos 40 anos de idade.

Será que o mercado de trabalho abre portas para quem já entrou nos “enta” ou não há chances disso acontecer? Que fatores estão envolvidos? Qual a importância da idade nisso tudo? O que será mais importante para garantir o sucesso em uma oportunidade?

Bem, só para citar um exemplo, que não é exatamente “entrar” no mercado de trabalho,, mas de mudança de caminho, não tenho do que reclamar: mudei de emprego em dezembro passado, a dois meses de completar 40 anos. Saí de uma empresa em que gostava de trabalhar, mas, para dar uma sacolejada na criatividade eu necessitava de algo novo, então vim trabalhar em outra empresa, que eu já conhecia e admirava, e estou bem feliz. Melhor ainda: há um tempinho encontrei uma colega que tem uma assessoria de imprensa que confessou a mim e à minha atual chefe que só estava esperando que eu saísse de onde estou hoje (entrei como temporária, mas acabei ficando permanente) para me fazer uma proposta. Bom sinal, não acham?

Enfim, confiram o vídeo acima, que ele traz boas dicas! Caso você esteja na turma que passou dos 40 e está à procura de uma oportunidade no mercado de trabalho, desejo muito sucesso!