Como manter a pele oleosa limpa depois dos 40

pele-pessoa-40-anos-oleosa-acneica-produtos

Como uma adulta de mais de 40 anos, que foi uma adolescente de pele oleosa acneica, que ainda tem pele assim, mas que sabe que já não tem aquela pele jovem  faz, hein? Investe em produtos que deixam a pele limpa e com a sensação mais sequinha, ué!  Não é que eu tenha A pele não, viu? Confesso até que preciso voltar a cuidar melhor dela, mas enquanto isso, tenho uma trinca que me salva de perrengues:

  1. Meu protetor solar diário é o Minesol Oil Control, da Roc. Normalmente uso o FPS 30 porque a consistência do 70 era pesada demais, mas já me disseram que agora está igual à do 30, então devo migrar pro de FPS mais alto já na próxima compra. Tentei outros, também excelentes, mas acabo voltando, porque foi o que me deu a sensação de pele mais limpinha, pronta pra passar a maquiagem por cima.
  2. Logo depois do protetor, maquiagem. Aí tenho confissões a fazer: tenho preguiça de me maquiar, acho feio quem usa maquiagem pesada no dia a dia e como ando de transporte público é bem comum que só faça a maquiagem, de modo bem rápido, quando chegue ao trabalho (antes disso, só o protetor solar e um batonzinho). Então a solução mais rápida, prática e, novamente, que seja leve para o rosto oleoso (lembrando: moro em uma cidade quente e úmida) foi o BB Blur Effaclair, da La Roche Posay. Por cima dele há quem coloque pó, mas ele já é feito pra ser tudo isso, então só coloco um blush clarinho, e tô pronta (é só o batom e, quando quero caprichar, um delineador nos olhos, nada mais).
  3. Pra tirar tudo, o gel desincrustante Effaclar, da La Roche Posay foi uma das melhores opções que encontrei até hoje. É pra lavar o rosto de pele oleosa acneica. É tão bom que serve bem para tirar maquiagem, basta usar um pouco menos de água (e depois enxaguar normalmente, claro).

Pronto, esse é meu trio de cuidados mínimos para com a minha pele do rosto. E você, quais são seus produtos preferidos para manter a pele do rosto com sensação de limpa e bem cuidada?

Novidades no mundo da beleza – Hairnor 2016

HAIRNOR 2016 glam

Se tem um mercado que vai bem no Brasil, mesmo com crise, é o de beleza, viu? Somos um povo bem vaidoso, e, se não dá pra comprar o mega produto novo pro cabelo, compra-se pelo menos um esmalte ou um sabonete diferente. Então é claro que os profissionais do segmento sempre têm que estar atrás de novidades em produtos e serviços para atender o cliente da melhor forma e conseguir a fidelidade dele. Por isso tudo, não é de estranhar o que vi na Hairnor, uma das maiores feiras de beleza do Nordeste, que aconteceu no último final de semana e segunda-feira, no Centro de Convenções de Pernambuco: uma multidão!

Cabeleireiros, maquiadores, barbeiros, esteticistas, representantes da indústria de cosméticos, donos de loja e, claro, muitos clientes finais, como eu e você, doidos pra saber o que está bombando nos bons salões e o que ainda deve vir por aí. Uma coisa bem bacana é que quase todos os estandes de produtos de beleza ou, por exemplo, chapinhas e secadores, tinham profissionais fazendo demonstrações na hora – aí a gente já tem uma ideia de resultados.

hairnor 2016 produtos

Entre as coisas que vi e mais curti:

  • Tem muitos produtos pra progressiva e tratamentos afins pra alisar, mas também encontrei muita coisa pra quem quer usar os cachos que lhes são naturais. Aliás, muitas meninas e meninos exibindo cachos e cabeleiras black pelos corredores e mostrando que sabem bem como cuidar das madeixas. Acho isso muito arretado!
  • Bem, tem quem goste dos fios mega-lisos mesmo e não vejo nada de errado nisso. Liberdade é cada um poder fazer o que bem entender das madeixas, afinal. Entre as coisas que vi pra se tornar “índia-seus-cabelos-nos-ombros-caídos” vi alguns “xampus que alisam“. Já tinha visto a propaganda de uma marca e ficava intrigada, de como um xampu, de passar no chuveiro, poderia fazer isso. Mas, não é assim. Trata-se sim, de um processo químico e tem que ser feito por um profissional. O diferencial é que está tudo em um produto só, o modo de aplicar é mais simples e eles são bem seguros. Então tá. Vê se não se arrisca a fazer sozinha.
  • Muitas cores para os cabelos que não eram, originalmente, “cor de cabelo”. Azul, roxo, verde…você pode ter um arco-iris na sua cabeça! Mas se quer usar uma “cor de cabelo”, também tem – inclusive vi vários produtos para quem quer assumir seus cabelos brancos e quer deixá-los num tom bonito, sem estar amarelado – esse fenômeno do tanto de produtos desse tipo também se deve à moda de descolorir os fios até ficarem acinzentados, que muita gente tem adotado.
  • Um serviço que tem se expandido é o de depilação a laser. Aliás, acho ótimo, porque TAÍ uma coisa que tenho vontade de fazer (como disse Rita Lee, ‘um dia quero ser índio”). Quanto mais clínicas dermatológicas e serviços de estética investirem em boas máquinas e bons profissionais, melhor pra gente: a tendência é que o preço se torne mais acessível para trabalhos de bons resultados.

A Hairnor durou três dias, mas eu só fui na segunda-feira, então é claro que ficou muita coisa de fora da minha observação. Eu queria, por exemplo, ter ficado mais tempo na área dos procedimentos estéticos, pra conversar melhor com quem estava por lá e ficar por dentro das novidades. Havia alguns estandes com vendas de produtos, mas comprei apenas alguns esmaltes e preferi pesquisar melhor sobre outras coisas de que gostei. De qualquer modo, valeu bastante a visita à feira. A organização da Hairnor diz que 40 mil pessoas devem ter visitado os estandes de 147 expositores, que trouxeram mais de 1300 marcas ao evento.

Maquiagem com efeito “blur”

maquiagem make up base efeito blur effect

Quem já usou algum editor de imagens ou, pelo menos, o Instagram sabe do que se trata o efeito “blur”, ou seja, desfocado – ele dá uma certa “borrada” que faz com que a gente não perceba certos detalhes, aquilo que faz a gente dizer “minha pele ficou ótima nessa foto, queria esse filtro pra vida real”. Pois existe isso sim, gente. Várias marcas tem produtos com esse tal efeito blur, pra dar uma disfarçada melhor em manchas e ruguinhas, por exemplo.

Estive pesquisando alguns desses produtos, com objetivo de comprar um. Estou pendendo pra comprar esse da La Roche Posay na foto acima, apenas porque eu uso o gel de lavar o rosto da mesma marca e linha, pra peles bem oleosas, como a minha – sem contar que moro em uma cidade de clima quente e úmido, então quanto mais o produto tem a capacidade de deixar a pele sequinha, melhor pra mim. Mas fiz um resumo do que li sobre cada um desses produtos da foto:

  • Revitalift Blur Mágico, da L’Oreal – é chamado de “alisador instantâneo da pele”, por apagar em segundos a aparência (veja bem, só a aparência) de rugas e linhas de expressão. Serve para todos os tipos de pele.
  • Effaclar BB Blur, da La Roche Posay – não é apenas um primer, como alguns, ele já é uma base mesmo, então tem cor. Como toda a linha Effaclar, ele é feito para quem tem pele oleosa (eu uso o gel de limpeza do rosto há anos e gosto bastante). Esse é o que tenho pensado em comprar.
  • Pores no More, Dr. Brant – taí uma marca que eu não conhecia, mas sobre a qual já li bastante – só coisa boa. Não se trata de só um produto, mas de uma linha  que não apenas disfarçam os poros dilatados, mas tratam a oleosidade. Entre esses produtos – aí, sim! – tem um creme que dá um efeito “mate”, opaco, à pele.
  • Natura Blur Me – ajuda no controle da oleosidade e no disfarce de marcas de sinais, poros, rugas e de expressão, podendo ser utilizado com ou sem maquiagem.
  • Wonderblur – o slogan aqui é “Drops of Youth” (gotas de juventude), que já diz bem ao que veio. O produto é da The Body Shop e se mostra como um último passo na rotina de beleza de quem usa. Além de uniformizar e matificar a pele, inclusive diminuindo as linhas de expressão, dizem que a pele fica hidratada por até 12 horas – o que, no final das contas, também ajuda a pele a ter menos marcas, sem disfarces, depois de um tempo.

Então, mesmo quando não é uma solução definitiva, mas apenas um disfarce, em parte dos produtos, que achei com um pesquisa rápida, há também um “efeito pós” – usando um deles, depois de um tempo, pode dar uma boa melhorada na sua pele. E você, o que usa para ter esse effeito Blur?

A beleza ao longo do tempo

É muito comum que a gente se preocupe com certoes padrões de beleza. Não deveria, mas é natural, né? Então eu achei esse vídeo, que mostra estilos de penteados e maquiagens ao longo dos anos. É bem interessante porque a gente percebe que tem coisas que já saíram da moda, mas combinam bastante com a gente – então e daí que não está mais “in”? Se eu fico bem, combina comigo e eu gosto, quero nem saber se está na moda…eu uso e pronto. Até porque, como você pode ver, tem estilos que se parecem tantos, entre as décadas. Com que década dessas que aparecem você se identifica mais?