A Ciência e os “atletas coroas” das Olimpíadas

Na semana passada fiz um post bacana aqui no blog, sobre os atletas de mais de 40 anos de idade nas Olimpíadas. Aí ontem saiu uma matéria muito legal, no Fantástico, também sobre esses atletas “coroas”, com foco no uso da ciência para que o fôlego e explosão muscular permaneçam, mesmo com o passar dos anos.

Biomecânica para identificar e corrigir desequilíbrios, remédios que evitam o endurecimento de fibras e até terapia genética, com o uso de células-tronco para que seja possível prolongar a vida como atleta já são realidades. Inicialmente esses trabalhos são voltados a atletas de alta performance, mas que podem servir a nós, simples mortais, também. Eu acho tudo isso muito interessante, porque, mesmo não sendo atleta, espero que, se tiver uma vida longa, que ela continue sendo saudável e independente. O que vocês acham disso?

A matéria completa do Fantástico está aqui.

Os +40 das Olimpíadas do Rio

Oksana Chusovitina, 41

Oksana Chusovitina, 41

A gente sabe que a maior parte dos atletas que estão competindo nas Olimpíadas do Rio de Janeiro é formada por gente bem novinha. Alguns ali são adolescentes mesmo. Na ginástica artística, por exemplo, tem gente de 13 anos de idade! Pois foi justamente nesse esporte que uma atleta chamou atenção por causa mesmo da idade: Oksana Chusovitina, que veio competir em uma Olimpíada pela sétima vez, aos 41 anos! Ela tem um filho de 17 anos, ou seja, ele é da idade de muita gente que concorre com essa atleta do Uzbequistão.  Pois fica ligadinho que hoje tem final de competição com ela!

Porém, Oksana não é a única atleta com mais de 40 anos competindo na Olimpíada do Rio de Janeiro. Nas provas equestres, por exemplo, temos Willian Fox-Pitt (47, Grã Bretanha), Steffen Petters (EUA, 51 anos), Beezie Madden (EUA, 52), Philip Dutton (EUA, 52), Mark Todd (Nova Zelândia, 60 anos) e a australiana Mary Hanna, que fará 62 anos em dezembro. Também no hipismo e com 62 anos tem Julie Brogham, da Nova Zelândia. Isso só pra citar alguns, já que é nas provas de hipismo que se encontra alguns dos atletas com idade mais avançada.

Tem mais: a primeira medalha de ouro olímpico da história do Vietnã veio de Hoang Xuan Vinh, de 41 anos, no tiro com pistola. A média de idade da equipe de tiro dos Estados Unidos é de 51 anos! E não pense que é só nas provas que talvez alguns pensem que exijam menos fôlego que os “acima dos 40” estão: olha o maratonista Meb Keflezighi, de 40 anos, pra provar isso – mesma prova do australiano Scott Westcott, de 41 anos. Do Brasil a atleta com mais idade é Janice Teixeira, do tiro, que tem 54 anos e supera um AVC (!!!).

A gente sabe que a grande maioria desses atletas de elite – se não todos – não começou a praticar esportes agora, começou bem jovenzinho. Mas, uma coisa é certa: mesmo hoje, com mais de 40 anos, eles têm saúde, fôlego, enfim, preparo físico de dar inveja a muita gente mais jovem. Tem vários fatores envolvidos, sendo genética e disciplina com treinos e alimentação, certamente, grandes destaques. Provavelmente começando hoje, já adultos, é bem difícil chegar em um nível olímpico, mas pode ser uma boa ideia tê-los como exemplo pra começar a praticar algum esporte, sabendo que, com dedicação, não tem essa de não ter mais idade pra ser atleta, certo? Medalha de ouro pra todos eles!

Folha lança treinamento para pessoas +40

curso jornalismo grisalho mais de 40

Olha aí que boa notícia para quem tem mais de 40 anos de idade e sempre sonhou em ter uma carreira no Jornalismo: a Folha (da Folha de São Paulo) está com inscrições abertas para um programa de “trainees experientes”. O curso é voltado para pessoas com mais de 40 anos de idade, de qualquer área de conhecimento, com nível superior, que queiram aprender técnicas de Jornalismo. Atentem pro nome sensacional do programa: Jornalismo Grisalho!!! :D

O curso dura dois meses, começa em outubro, conta com aulas, palestras, tarefas práticas e outras ações e não paga nada pra participar. Como é presencial em São Paulo, claro que fica mais fácil pra quem é desta cidade – mas, se você estiver com tempo livre e se interessa pela área, se liga na oportunidade!

Aqui e aqui você encontra mais informações (se você não for assinante da Folha, provavelmente terá que preencher um cadastro básico pra ver a matéria).

Vista-se como uma rainha


“Veja aqui o que vestir se você tem mais de 40 anos de idade”. Já viu matérias e posts assim? Pois vou dizer a você, rapidinho: absolutamente tudo que você quiser, desde que sinta-se bem e confortável. Taí a rainha Elizabeth num conjuntinho verde limão, na última comemoração dos seus 90 anos, que não me deixa mentir. Aliás, uma boa coisa que vem com a idade é que a gente se importa cada vez menos com o que os outros pensam – aliás, se chegar os 80 eu espero não ter mais freios na língua e dizer tudo que penso hahaha.

No dia seguinte, lá estava a rainha toda cor-de-rosa, que nem uma Penélope Charmosa, pra continuar comemorando a chegada aos noventinha! Então é isso: veja exemplos, pegue referências, veja as tendências, mas só siga o que der vontade de seguir. Ok, sabemos que há protocolos, mas duvido que alguém não tenha dito “majestade, não seria melhor uns tons mais suaves, discretas, adequadas à sua idade?“, ao que ela, pelo visto, negou. Certíssima! Na dúvida, já sabe: vista-se como uma rainha! Ou, no caso, assim como Elizabeth: deixem que falem e seja feliz! Reine  de modo soberano sobre o seu guarda-roupa!

Vídeos: fanpage The Royal Family

Blogs de moda pós-40

notdressedasalamb photo blogs 40 anos

Olha, a respeito de moda para pessoas a partir dos 40 anos só posso dizer uma coisa: eu uso o que eu quero e não acho que nessa idade ninguém deve mais muita explicação a seu ninguém. Simples assim. Mas isso porque normalmente sou bem básica e tento usar o bom senso – mais baseado no “fica bem / acho que não está legal” mais do que no fator idade.

Se você é do tipo que gosta de dar uma olhada em blogs de moda pra ver as novidades que estão rolando por aí, e o que os blogueiros recomendam, mas sente falta de algo que combine mais com você, trago uma listinha interessante: fashion blogs voltados para pessoas com mais de 40 anos. Confere aí:

Not dressed as lamb – é da britânica Catherine Summers. Gosto do estilo bem prático e despojado dela.

That’s not my age – é definido como um “guia de estilo para crescidos” e é da jornalista de Moda do jornal The Guardian. O estilo é mais ousado, bem bacana.

Lady of Style – achei o estilo mais sério, meio “senhoril”, sabe? Não é muito meu estilo, mas pode ser o seu.

Does my bum look 40 in this? – achei o nome do blog engraçado. Tem estilos mais moderninhos misturados a outros mais práticos, para o dia-a-dia.

Project 40 – lógico que os homens não poderiam ficar de fora! Esse blog aqui é para os quarentões estilosos.

Mas se você achar que o estilo que esses blogs da lista acima trazem um estilo muito caretinha, você não se identifica ainda com eles, fica uma dica: dá uma olhadinha neles, confere também o que tem nos blogs mais conhecidos – aqueles mesmos que você acha que tem roupas para pessoas mais novinhas, mas que dá pra aproveitar muita coisa, junta uma algo daqui, outra dali e faça o seu próprio estilo!

Meryl Streep e as roteiristas +40

meryl streep oscar gif

Como não amar Meryl Streep? Ela é financiadora de uma iniciativa exemplar: o Writer’s Lab, um grupo de mulheres roteiristas com mais de 40 anos de idade criado pelo New York Women in Film and Television. O anúncio sobre o coletivo de mulheres foi feito no último domingo, durante o Festival de Filmes de Tribeca. O objetivo é ter mais participação feminina na TV e no cinema.

Para isso o grupo fará seleção de roteiros feitos por mulheres que tenham a partir dessa idade. O número de mulheres roteiristas vem caindo consideravelmente, nos Estados Unidos. Muito válida a iniciativa e melhor ainda a oportunidade para as profissionais da área. O grupo também tem a participação de outras profissionais do cinema. É uma ideia ótima para as mulheres dessa área, especialmente as que tem mais de 40 anos – afinal, o mercado não se torna exatamente mais fácil a partir dessa idade, em segmento nenhum. O apoio de Meryl é excelente, não apenas pelo dinheiro, mas pela visibilidade que o grupo tem com isso.

Não é de hoje que Meryl Streep se engaja na luta pela igualdade de direitos da mulher e por mais espaço para elas. Vale lembrar a reação dela na última edição do Oscar ao discurso de Patricia Arquette, que falou sobre a necessidade de abertura do mercado às mulheres e igualdade de direitos. Olha o vídeo aí embaixo, para relembrar!

Embaixador da H.Stern fala sobre as joias para quem é +40

Teoricamente, aos 40 anos você já sabe o que quer e tem dinheiro para investir no que tem qualidade. Um bom investimento, em termos de elegância e financeiro está nas joias. Mas qual seriam as joias preferidas e as adequadas para pessoas acima dos 40 anos de idade? Foi pra saber tudo isso que eu conversei com o Christian Hallot, embaixador da H.Stern. Olha o resultado do bate-papo:

hstern Christian Hallot copy

Christian, como são essas mulheres que tem acima de 40 anos de idade, hoje? Antigamente a mulher de 40, 50 anos era uma “senhorinha”. Hoje ela é uma mulher bela, que se cuida, muitas vezes, parece ser irmã da própria filha. Houve uma mudança de paradigma.

Quem são essas mulheres que compram joias e de que tipo elas usam? São as que tem poder aquisitivo alto. Porém, quando usam uma joia pesada, passam a impressão de que são mais velhas, então no dia-a-dia usam joias leves, até mesmo uma que seja da filha, para passar a ideia de jovialidade. Quando estão próximas de pessoas da mesma idade ou em uma reunião de negócios, usam as joias maiores, para dar impressão de poder.

E os homens? A joia do homem é o relógio. No dia-a-dia ou em companhia de pessoas mais jovens, usam modelos esportivos, e quando estão na companhia de homens mais velhos, ou em uma reunião de negócios, usam modelos mais sofisticados, para impressionar. hstern Fluid Gold_C1OE171786 O que você sugeriria para essa mulher que “adota” várias personalidades, entre a bem jovem e a mais velha e mais poderosa? Essas são as que usam joias mais simples durante o dia e mais sofisticadas para um jantar, por exemplo Ela pode ter isso em uma mesma joia, apenas adicionando pingentes ou colocando um pendente de um brinco. Na H.Stern há uma joia extremamente versátil, o colar Fluid Gold. É um colar de canutilhos em ouro, com um fio sintético dentro, com três metros de comprimento. Pode ser usado, por exemplo, enrolado no braço, como se fosse um conjunto de pulseiras, de modo bem jovem e, depois, como um colar, bastante poderoso. Versátil, pode frequentar lugares diferentes com a mesma elegância, exatamente como a mulher que tem mais de 40 anos, nos dias de hoje.

E então, curtiram a conversa?

Vestidos para noivas +40

Começou o mês de maio, conhecido também como o “das noivas” – isso apesar de muitos dizerem que o mês em que mais se casa no Brasil é dezembro (o décimo terceiro colabora com isso). Mas, enfim, tradição é tradição e não vamos fugir disso: não são poucas as pessoas que só encontram o “grande amor” depois dos quarenta anos de idade e resolvem casar, com tudo a que têm direito, incluindo festa e vestido de noiva.

Mas, qual o vestido de noiva adequado para quem tem mais de 40, caso ela decida pelo “pacote completo” para o momento de casar? Tenho a impressão de que boa parte das pessoas que chegam nesta idade concorda que chegamos a um ponto em que “menos é mais”, ou seja: é bem fácil que o exagero de algumas noivas novinhas dê lugar a algo mais elegante, clean e descontraído, sem firulas exageradas. Então escolhi alguns vestidos de noivas para quem tem mais de quarenta anos de idade. Olha aí algumas opções:

Para as noivas que querem o vestido longo

Para as noivas que querem o vestido longo

Para as que preferem um vestido mais curto

Para as que preferem um vestido mais curto

Opções para as noivas menos tradicionais

Opções para as noivas menos tradicionais

Esses são para quem realmente quer algo diferente

Esses são para quem realmente quer algo diferente

Curtiram as opções? Casar ou não casar, não é a questão deste post. Se acontecer, ótimo, se não acontecer, ótimo também. Mas, caso você vá casar, não se preocupe com o “mas não fica ridículo nessa idade?”. Celebrar um momento feliz, com tudo a que tem direito, nunca é ridículo.