O segredo da saúde e da felicidade

O que nos mantém mais felizes e saudáveis? O que pode fazer viver mais e melhor?  O que relacionamentos fazem com nosso corpo, especialmente com nosso cérebro? Uma pesquisa feita ao longo de 75 anos pode trazer informações importantes a esse respeito. Esse vídeo do TED é bem bacana, tem legenda, fala sobre essa pesquisa e traz uma mensagem importante. Recomendo!

A crise da meia-idade é real!

crise de meia idade midlife-crisis-ahead

Será que a “crise de meia-idade” existe mesmo ou é apenas uma piada ou, ainda, uma desculpa para algumas mudanças de comportamento? A Royal Economic Society – associação britânica de estudos econômicos e sociais que envolve a universidade, governo, serviços bancários e outros representantes da sociedade – revelou um estudo chamado (em tradução livre) “Evidências de que o bem-estar humano atinge seu nível mais baixo no início dos 40 anos” que mostra que é algo verdadeiro!!

Mid life crisis U curve

Para chegar a esse resultado foi feita uma pesquisa com 50 mil pessoas no Reino Unido e na Austrália. A pesquisa mostrou que a felicidade e o bem-estar começam a fazer uma curva em forma de “U”, a partir do começo da vida adulta, atingindo o seu ponto mais baixo entre os 40 e 42 anos. Ou seja, nessa idade bateria uma “crise” e não acharíamos nada legal.

Na verdade, já se sabia que essa curva em U era comum, mas é a primeira vez que a pesquisa é feita em vários países ao mesmo tempo e que se confirma um padrão. Entre outros dados, percebeu-se que as muitas responsabilidades da pessoa no começo dos 40 influem bastante e seria a época em que mais se trabalha. Ter ou não filhos não faz diferença, pelo que viram. Bem, a boa notícia é que depois dessa idade a curva volta a fazer um movimento ascendente. Ufa!

Agora me diz o que você acha da crise de meia-idade! Já está percebendo isso em você?

Veja mais sobre a pesquisa aqui.

 

“A psicologia do nosso eu futuro”

Acho que vocês conhecem o TED – são eventos que acontecem em vários lugares do mundo, seja organizado pela matriz ou por algum em que pessoas “palestram” sobre assuntos diversos, em poucos minutos, de modo a despertar alguma coisa em quem assiste. Hmmm…melhor você ler aqui pra entender. Várias dessas conferências estão online, pra quem quiser, no TED Talks (são mesmo como conversas, afinal).

Hoje, por acaso, me deparei com essa aí acima, bem interessante, do psicólogo e “expert em felicidade” (não é o máximo, isso?) Dan Gilbert. É sobre “a psicologia do eu futuro”, como mudamos ao longo do tempo, como achamos que não vamos mudar, como muitas vezes achamos que já estamos totalmente prontos (eu não acho, digo logo).  A palestra é de 2014, mas serve em qualquer tempo e tem tudo a ver com o Novos40. Afinal, é por isso que o blog existe: porque sabemos que não chegamos ao fim da linha, que ainda há muita coisa que pode acontecer conosco e, principalmente, a fazermos.

Bom, não vou falar mais nada. O vídeo tem legendas em português. Assistam e reflitam. Depois, se puderem, me digam o que acharam.