Como manter a pele bronzeada com mais saúde

Chegou o verão! Ok, ainda não chegou, oficialmente ainda estamos na primavera, mas pras bandas de cá o sol já tem estado a pino – parece estranho dizer isso do Recife, mas a verdade é que sempre temos um período com muitas chuvas e, posso dizer, este ano foi um tempo extenso, parecia que não ia acabar.

Mas eu estava lembrando que quando a gente era mais novinho ou mesmo criança o bonito era se bronzear. Ninguém passava protetor solar (ô, erro!), que acho que nem existia, a gente passava bronzeador ou, mais comum, não passava nada na pele! Tudo errado! Mas tinha uma coisa interessante: para conseguir um bom bronzeado a gente também investia no consumo de betacaroteno! Aí, sim, uma coisa boa!

Naquela época se dizia que o betacaroteno ajudava o bronzeado a “pegar” mais rápido e a ficar mais tempo na pele. E é verdade! O betacaroteno é um carotenoide, pigmentos naturais de algumas plantas e que ajudam a acelerar o processo de bronzeamento, já que ajuda no processo de produção da melanina. Acontece que o betacaroteno também tem outras propriedades:

  • É bom para a visão – é convertido em retinol pelo organismo
  • Combate os radicais livres, é antioxidante
  • Colabora na preservação do colágeno, que melhora a elasticidade da pele
  • Ação protetora das células
  • Tonificação dos cabelos
  • Fortalecimento das unhas
  • Bom para os ossos
  • Melhora a imunidade

Para ter essas propriedades do betacaroteno basta consumir produtos como cenoura, suco de laranja com beterraba, folhagens verde-escuras, mamão, abóbora/jerimum, brócolis e pimentões. Então, já sabe: quer manter a cor do verão e ainda ter mais saúde, uma boa salada e um bom suco já ajudam!

Colágeno em forma de doces

Todo mundo sabe: colágeno é essencial! Cabelos mais bonitos, pele mais firme e elástica e unhas mais fortes estão entre os seus benefícios. Mas, com o passar dos anos, a carga natural de colágeno do nosso corpo vai diminuindo – mesmo antes de chegar dos 30 anos, acredite!

Aí dia desses comprando uns remédios na farmácia vi uns saquinhos de umas balinhas (confeitinhos) da Valda e comprei, pensando até que eram aquelas, já conhecidas, pra garganta. Só depois percebi que eram balas de colágeno. São gelatinosas, bem gostosinhas – dá vontade de comer tudo de uma vez. Pelo que li, não conseguem complementar todo colágeno diário que a gente necessita, não substitui alimentos, nem complementos passados por médicos, mas já dão uma boa ajuda pra fortalecer unhas, pele e cabelos. Curti bastante!

*Não lembro por quanto comprei

O Gin Antiidade

 

O trocadilho só funciona em inglês: o Anti A-Gin, ou o Gin Anti-idade, agora é uma coisa real. Ou seja: tomar sua perfumada e saborosa bebida e ainda ficar com a pele ótima, jovem. O drink tem colágeno, o elemento que mantém a pele jovem – este seria o grande segredo. Além disso, também teria camomila e antioxidantes, como chá verde, hamamélis, urtiga, coentro e centella asiática, entre outros produtos. Esta última, aliás, dizem que seria eficaz para reduzir a celulite. Ingrediente típicos do gin, como zimbro e cardamomo continuam presentes na receita da bebida.

Matérias que li sobre o tal gin dizem que realmente quem o bebe fica com a aparência mais jovem…e eu achava que esse efeito era por causa do efeito “alegrinho” que o álcool traz. Mas se ele até hidrata, minha gente, mesmo com o tanto de álcool que tem, é realmente surpreendente!  O tal gin, como não poderia deixar de ser, é inglês. Tem à venda aqui.