Deshun Wang, modelo aos 80, uma inspiração

deshun-wang-china

Deshun Wang é um modelo chinês que tem feito sucesso no mundo inteiro por vários motivos: ele é bonito, tem corpo bem esculpido, presença de passarela e em frente às câmeras fotográficas e tem surpreendentes 80 anos de idade. Os desfiles de que participa não são para “velhinhos”, é entre outros modelos mais jovens mesmo.

Um fato curioso é que muita gente tem dito que ele é um desses “sucessos instantâneos” da internet, ao que ele retruca, dizendo que se preparou a vida inteira para este momento. Não que tenha desejado ser um modelo de passarela exatamente, mas foi estudou para ser ator, aprendeu outro idioma – quando já havia passado dos 40 anos!, perdeu tudo, recomeçou, aprendeu a nadar aos 50, voltou aos palcos aos 57, começou a se exercitar pra valer, pra deixar o corpo malhado, quando já estava com 70 anos de idade e fez o primeiro ensaio fotográfico aos 70!

Agora que ele é um modelo mundialmente famoso, o que será que espera? Ele mesmo diz, no vídeo abaixo:

Na China ele já deveria estar compulsoriamente aposentado, mas está na luta e cheio de sonhos, provando que nunca é tarde pra seguir seus sonhos. Uma boa inspiração pra começar a semana, não acham?

Advanced Style – o documentário

advanced style estilo idosas ícones moda documentário blog senhoras

Vocês já viram o documentário Advanced Style? É de 2014, mas vi ontem, na Netflix. É um trabalho do fotógrafo Ari Seth Cohen, que tem um blog de mesmo nome, que mulheres de idade bem avançada mesmo – “advanced age” – com muito estilo – daí o “Advanced Style”.

É um trabalho interessante não só por mostrar pessoas idosas que se vestem de modo elegante e/ou extravagante, mas porque tem uma baita lição de vida, resumida em: vou ser feliz e não dou a mínima para quem não gostar. Elas são incríveis e deixam bem claro: se vestem daquele jeito porque se sentem bem. Elas são inspiradoras, isso sim! A melhor parte é que nem é necessário passar dos 60 anos pra seguir o exemplo, seja de moda ou de MODO de viver. Só pra você ter uma ideia, pesquei essas frases inspiradoras do documentário:

“Eu nunca quis parecer mais jovem, eu quis parecer ótima!”  (Joyce Carpati, 80*)

“Quando uma pessoa envelhece. Não é para se criticar tanto. Eu nunca fui crítica demais em relação a mim mesma, porque eu sentia “bem, é isso que eu sou e nao há nada que eu possa fazer a esse respeito” (Zelda Kaplan, 95)

“Eu me visto todos os dias para o teatro da minha vida” (Lynn Dell, 80)

Algumas dizem que não eram assim quando mais jovens, que só se sentiram mais autoconfiantes e com autoestima em alta quando já estavam na casa dos 70! Ou seja: nós, que estamos na casa dos 40, estamos em tempo de mudar o que não agrada em nós mesmos.

Dê um jeito de ver esse documentário agora! Vai ser bom para você. Veja o trailer abaixo:

Homens, não fiquem enciumados, parece que uma versão masculina do documentário já está sendo preparada. Há outros blogs com essa temática, também bem bacanas – depois trago aqui. Enquanto isso, visite o Advanced Style.

* idades à época em que o documentário foi gravado