Rainha do pornô se aposenta aos 80

O título já diz tudo: Maori Tezuka, rainha do pornô japonês resolveu se aposentar esta semana, aos 80 anos. Isso é a cara do Novos40 porque um dos objetivos aqui é mostrar que nunca é tarde demais pra começar alguma coisa – mesmo quando se trata de se tornar uma estrela do mercado pornográfico – e, pasme, ela que era cantora de ópera, começou a participar de pornôs aos 71 anos!

Preconceito meu ficar tão espantada, mas, confesso, fiquei mesmo bem surpresa em saber que no Japão é bem forte a indústria da “geronto-pornografia” – isso mesmo, pornô “idoso”! Não é sensacional, que a sexualidade na terceira idade tenha mercado? Mas, veja, 1/4 do Japão tem mais de 65 anos de idade e eles sabem tratar essa fase da vida com um respeito inigualável!

Maori diz que o único problema que tinha era quando os homens com quem contracenava não eram do ‘seu tipo”, que isso tornava o trabalho mais difícil, mas, avisa: não descarta um retorno ao pornô. Um dos atores da indústria pornográfica mais famosos do Japão é Shigeo Tokuda, de 82 anos.

O Novos40 faz três anos :)

Hoje é aniversário de três anos do blog. Um blog pequeno, que não tem posts todos os dias, mas que é feito com carinho, pesquisa e dedicação. É um hobby, um lugar para colocar coisas que vejo, penso, acho interessante, mas é também um trabalho levado a sério – não é feito de qualquer modo – com o objetivo de levar assuntos que possam interessar principalmente pessoas que tenham a partir de 40 anos de idade, mas que outros também olhem e curtam, talvez até se identifiquem.

Enfim, ainda não é um mega-blog, mas cumpre direitinho a que veio. Como hoje também é meu aniversário – afinal, comecei o Novos40 no dia que completei 40 anos – é um dia de comemoração dupla. Festejemos! \o/

Papo de 40

É isso que acontece quando você junta amigos que têm 40 anos de idade pra falar sobre…ter 40 anos de idade hahahaha! A gente falou sobre dores, problemas de visão, cabelos brancos, ter humor com a gente mesmo e, claro, riu pra caramba! Dá uma olhada pra ver como foi. O papo foi transmitido ao vivo na fanpage do blog. Curte lá!

Sia, primeiro lugar na Billboard, aos 40

Marco histórico no mundo da música: Sia é a primeira mulher acima dos 40 anos (ela é de dezembro de 1975) a atingir o topo da Billboard, em quase 16 anos. Melhor: a música é em parceria com Sean Paul, que tem 43 anos.

Uma coisa interessante é que como Sia normalmente ela está com o rosto coberto pelas perucas, a maioria das pessoas (eu inclusa) nem fazia ideia da idade dela. Aliás, ela mesma já disse que as usa tanto por timidez quanto porque acha errado o escrutínio que se faz sobre artistas femininas, que não gostaria que falassem dela quando ganham ou perdem peso, colocam alongamento no cabelo ou se o bronzeado é artificial.  A peruca acaba sendo o que chama mais atenção no visual, no fim das contas. Compreende-se, é mesmo uma pena que seja assim. Mas, pra quem nunca teve curiosidade de procurar, olha ela aí:

sia1

Mas vamos ver o vídeo da música e celebrar, que essa #novos40 merece.

A Bela Velhice – vídeo

O tamanho da vaidade no Brasil. De um lado, algo positivo: a mulher brasileira investe cada vez mais em si mesma. De outro, o negativo: uma insatisfação eterna consigo. Aceitar o processo de envelhecimento ou tentar se “congelar” no tempo? Esse vídeo da antropóloga e escritora Miriam Goldenberg é bem curtinho, tem menos de cinco minutos, mas faz pensar um bocadinho a este respeito. Olha só:

a bela velhice | com mírian goldenberg from Henrique Lukas on Vimeo.

O vídeo trata do livro “A Bela Velhice”, de autoria da própria Miriam Goldenberg e lançado em 2013. Na obra ela trata do envelhecimento da sociedade, do significado de “envelhecer” na nossa cultura, sobre felicidade na velhice, ao mostrar que a “bela velhice” está ligada a um “belo projeto de vida”.

Taí um livro que preciso ler, afinal, estou envelhecendo – não a partir dos 40, mas desde que nasci, assim como você e qualquer outra pessoa, certo?

Jennifer Lopez, 46, maravilhosa!

Na semana passada a cantora (e atriz, empresária, dançarina etc) Jennifer Lopez estreou o show fixo dela “All I have” no Planet Hollywood Resort & Casino, em Las Vegas. Só queria dizer que, aos 46, J.Lo está em excelente forma – física, musical, de fôlego e tudo mais. O figurino cheio de recortes e transparências evidenciaram bem isso – ok, uma das roupas rasgou no primeiro dia de show, mas acho que foi só um “erro de cálculo” do tamanho do bumbum dela, né?

E a energia pra cantar e dançar no palco durante todo um show, gente? Né todo mundo que consegue isso, não? Mas não é à toa. Há alguns meses li esse texto no Pop Sugar falando sobre a rotina fitness de J.Lo e daí a gente vê que é tudo fruto de um grande trabalho, que envolve boa alimentação, em que não há alimentos super-processados, muito exercício físico e disciplina. A personal trainer dela é Tracy Anderson, com quem ela treina diariamente. Tracy também já foi personal de outras famosas, como Jennifer Aniston e Gwineth Paltrow e revelou que há tempos J.Lo não faz uso de sal ou açúcar e tem uma dieta de alimentos orgânicos, fresquinhos, cheios de nutrientes.

Olha aí o resultado:

jennifer lopez jlo show all i have vegas

jlo jenifer jennifer jenniffer lopes lopez las vegas

jenifer lopez vegas

JLo all i have vegas

Ela representa bem a geração Novos40.

Fotos: publicações diversas

 

Jane Fonda fantástica na W Magazine

jane-fonda-cover-W magazine

Ela já passou dos 40 há tempos. Aliás, não faltam muitos anos para ter o dobro disso. A atriz Jane Fonda, aos 77 anos, está soberba na capa da W. Magazine! E só agora ela recebe um título que até então desconhecia: o de ícone da moda. Vi em algumas entrevistas que ela está achando isso ao máximo, principalmente porque nunca se achou “da moda”.

O estilo dela fora das telas até pode ter sido sempre mais despojado, mas desde sempre – especialmente em Barbarela – Jane Fonda é ícone de moda, sim. O segredo para escolher o que usa ela diz que é saber exatamente o que gosta ou não gosta no seu corpo – dica sempre válida pra todo mundo.

A atriz está em evidência por causa da série “Grace & Frankie”, que faz com a amiga Lily Tomlin, onde fazem o papel de duas mulheres septuagenárias que são abandonadas pelos maridos e tem que se “reinventar”. É uma comédia e o trabalho reedita a parceria entre as duas amigas, que vem desde “Como eliminar seu chefe”, de 1980.

Aliás, na entrevista à W Magazine Jane falou das vezes que também se “reinventou”, por vários motivos – dinheiro, carreira, amor, divórcios. Uma dessas “viradas” aconteceu quando já estava com 63 anos. Ativista, talentosa, bonita, inteligente, simpática e consciente do seu potencial – Jane Fonda é um exemplo de pessoa de atitude. Assim como ela existem muitas pessoas – homens e mulheres – assim, super ativos aos 70 anos – bem diferente do que se imaginava de um septuagenário anos atrás. Então nós, na casa dos #Novos40, também podemos mostrar que ter quatro décadas hoje também é bem diferente do que se imaginava há alguns anos. Que tal?

Confira a matéria completa sobre Jane Fonda no site da W. Magazine.

Ingrid Guimarães: 42 anos e simplesmente ótima!

Ingrid Guimarães (foto: Globo)

Ingrid Guimarães (foto: Globo)

Uma vez, não lembro quando, vi uma matéria sobre a atriz Ingrid Guimarães dizendo que quando adolescente era conhecida por ser a legal, engraçada, que divertia todo mundo e que investiu na boa forma pra mostrar pra si que também era bonita. Bem, não sei quanto disso é verdade, mas uma coisa é certa: aos 42 anos Ingrid é hoje um dos maiores sucessos do país, como atriz, produtora, comediante, apresentadora e está com um corpão de fazer inveja – aparenta estar mais bonita do que quando era mais jovem, aliás.

Atualmente Ingrid está no ar no seriado de humor “Chapa Quente”, nas noites de quinta, na Globo. Ela faz o papel principal, da dona de salão de beleza Marlene. Aliás, uma protagonista massa, com um perfil com que muita gente se identifica: acima dos 40, casada com um cara que não é exatamente um galã, ela segura as barras de casa, nem sempre tem hábitos saudáveis, tem seus estresses, mas, principalmente, é dona do próprio nariz – trabalha, se esforça, mas se gosta e se diverte.

E não é que, por causa do visual da personagem, as pessoas passaram a prestar mais atenção em Ingrid? No cabelo bonito, que ganhou tom mais loiro e franjão, no corpão malhado, evidenciado pelas roupas justas da personagem e sendo chamada de “gostosa” nas redes sociais*. Ela comentou a esse respeito ao site GShow: “”Aos 40, agradeço por ser chamada de gostosa. Quis representar a mulher sensual, pois todas as donas de salões que conheci são muito sensuais, usam roupas justas e unhas grandes. Aquela mulher que trabalha o dia inteiro e chega em casa, cuida do marido e ainda tem uma vida sexual ativa”. É isso: personagem e atriz, ativas, talentosas, chamam atenção e fazem de si o que bem querem: ISSO é ser a cara dos #Novos40!

*Antes que venham me falar sobre o “gostosa” e relacionar com objetificação feminina, digo logo que o post não é a favor disso, o fator está dentro de um contexto. Leia o post completo e entenderá. ;)

Aniversário com tema “Anos 70”

aniversário 40 anos anos 70 tema

Completar 40 anos é algo que merece uma boa festa. Afinal, você chegou aos “enta” mostrando que está com toda a energia para o que mais vier pela frente. Recentemente a mulher de um primo meu, a querida Liu, que mora em Aracaju, celebrou os 40 anos com uma baita festa, que soube que foi bem bacana. Como tema ela escolheu os anos 70, com umas pitadinhas de anos 80.

aniversário de 40 anos anos 70

Na decoração, muitas cores em tons psicodélicos, globo de discoteca, Atari e baleiro com Chiclets, Xaxá e 7Belos, que a gente ama desde sempre. Claro que o gelo seco, pisca-pisca e até luz negra não foram esquecidos. Aliás, um dos bolos também tinha o clima “disco” e outro (outroS, na verdade) eram na forma do brinquedo Genius. Adoraria ter ido a essa festa, parece ter sido muito bacana! Fica a ideia para quem quer comemorar a chegada aos 40 anos. Aliás, adoraria ver de que forma vocês comemoraram a chegada à esta idade. Me contem aí!

P.S. Agradecimentos a Liu, que permitiu que publicasse as fotos da festa dela e minha prima Karol, que cedeu as imagens (feitas com o celular, como devem ter percebido – mas que já serviram bastante para inspirar, concordam?) :)

A crise dos 41

Enfim voltei com o blog! Foram muitos dias sem nada novo aqui. Junte um computador que vai e volta do conserto há mais de um mês (obrigada, Dell!), com muito trabalho, dias de carnaval e uma crise pessoal, que o resultado é mais ou menos esse: poeira. Meu aniversário de 41 anos caiu no sábado de carnaval. Brinquei que a festa nas ruas era em minha homenagem, estava encarando tudo otimamente bem (ganhei até “parabéns pra você” embaixo do dragão do Eu acho é Pouco, veja só).

Mas, no dia seguinte, me bateu a crise. Aquela que não tive ao fazer 40 e não poderia imaginar – porque estava bem mesmo, até então – apareceria em algum momento. Em um domingo de carnaval depois de uma bebedeira me senti velha, feia e gorda, ultrapassada. Não sei se isso estava lá no meu subconsciente e decidiu se mostrar ou era apenas a minha mente tentando me trolar. Pode ter sido a depressão (sim, eu tenho, normalmente bem sob controle) querendo “se amostrar”. O que sei é que pegou pesado e me derrubou.

Porém, me derrubou mesmo por um dia só. Se tem uma coisa que quando a gente chega aos 40 anos sabe mais do que quando se é mais jovem é a começar a separar as coisas sérias das bobagens e este era um desses casos. Não dá pra perder tempo com coisa ruim. Então tratei de colocar a cabeça no lugar, me mandei para outros blocos de carnaval, descansei, voltei ao trabalho (depois de uns dias de feriado) e pronto, estou de volta! Me recuperando, ainda, mas enfrentando com firmeza até me reencontrar como a pessoa que disse que “os 40 anos não são os novos 30; são 40 mesmo, mas de um jeito diferente, melhor”. Vamo que vamo, que os 40 anos foram surpreendentemente bons e espero que esse 41 seja ainda melhor!