Sete hábitos de pessoas que envelhecem bem

Essa listinha saiu na In Style e achei por bem trazer pra cá, pra ver se a gente lembra de seguir e também chegar lá de boas:

  1. Mantenha uma atitude positiva – Você é o que você pensa! Pessoas mais velhas que acham que idade é sinônimo de sabedoria e satisfação são 40% mais propensos a se recuperarem de algum incidente do que aqueles que acham que idade é sinônimo de inutilidade.
  2. Preste atenção no que você come…- As últimas pesquisas mostram que uma dieta com baixo índice glicêmico, rica em frutas e verduras frescas, grãos integrais e proteína magra é mais saudável. A Dieta do Mediterrâneo, que envolve tudo isso e tomar vinho (com moderação), diminuir o sal e comer peixe duas vezes por semana é um bom exemplo. O seu tipo de dieta, também mostram pesquisas, pode ajudar você a envelhecer melhor e livrar de ataques do coração, derrames e morte prematura. Alimentos ricos em Ômega 3 ajudam a manter a pele mais jovem por mais tempo, além de serem saudáveis. Por outro lado, alimentos açucarados, com carboidratos pesados e gordurosos, como pão branco, refrigerantes e salgadinhos podem acelerar o processo de envelhecimento.
  3. …e no quanto você come – Comer demais podem provocar doenças cardiovasculares e diabetes tipo 2.
  4. Se exercite regularmente – Estar ativo é parte essencial para envelhecer bem. A mulher comum perde, em média, 23% da massa muscular entre os 30 e os 70 anos. Quanto mais você perde, mais envelhece. Exercícios podem fazer aumentar essa massa muscular, mesmo que você esteja com 90 anos! Se manter fit também pode prevenir casos de demência.
  5. Mantenha-se sociável – Amigos e familiares podem fazer você viver mais. Quem tem laços sociais fortes têm 50% chance de viver mais, dizem pesquisas.
  6. Proteja a sua pele do sol – Sol demais, já sabemos, causa rugas e até câncer. Quanto à produção de Vitamina D: bastam pouquíssimos minutos ao sol.
  7. Durma bem – Você provavelmente já sabe que deve dormir entre sete e nove horas por noite, que é o que ditam pesquisas. Não dormir bem aumenta o risco de obesidade, doenças do coração e diabetes. Cochilos também ajudam a melhorar a memória. Além disso, durante o sono o seu corpo produz o hormônio do crescimento que ajuda a restaurar os níveis de colágeno e elastina, essenciais para manter a pele jovem. Dormir pouco, também é bom dizer, acelera o processo de envelhecimento do cérebro.

Nada que não realmente soubéssemos, mas sempre com coisas novas. Sempre bom lembrar, certo? Se vamos viver muito tempo, que seja da melhor forma!

Como se tornar um “SuperAger”, a “Super Pessoa de Idade”

Elderly in superhero costume isolated on white background

Existe um determinado grupo de pessoas que os cientistas estão chamando, principalmente nos Estados Unidos, de “superager”, ou seja, os super “pessoa de mais idade” – pessoas mais velhas, mas com características superiores. O neurologista Marsel Mesulan diz que os superagers não são pessoas apenas que têm boa memória ou uma mente um pouco acima da média pra idade, mas que estão no mesmo nível de jovens de 25 anos que estão plenamente em forma!

Outra neurologista, Lisa Feldman Barret, estudou 17 desses “superagers” (acima dos 65 anos) e descobriu que partes do cérebro deles, em comparação ao cérebro de pessoas “normais” da mesma idade, eram mais espessas, mais grossas mesmo. Essas áreas, poderia se imaginar que seriam ligadas ao raciocínio, ao cognitivo, mas, na verdade, são  o sistema límbico e o lobo da ínsula, regiões do cérebro responsáveis pelo emocional! Isso já mostra o quanto questões como “obstinação”, “vontade” e “garra” contribuem que se forme esse superager.

Mas, como se tornar uma super-pessoa-de-idade? Depois de se descobrir que essa área responsável pelo nosso emocional também é responsável pelo estresse, linguagem, funcionamento dos cinco sentidos e até regulação dos órgãos internos, os cientistas foram adiante. Os cientistas ainda estão estudando que atividades realmente funcionam para que a pessoa se torne um “super”, tenha um super cérebro e um super físico, mas algumas coisas já são apontadas:

  • Exercícios vigorosos – até deixar exausto mesmo
  • Atividades mentais quase extenuantes (como problemas matemáticos)

Pois é, nada fácil. Os cientistas mesmo dizem que é comum que o caminho para se tornar um “super” seja difícil demais para a maioria, que grande parte sinta-se cansado demais e até frustrado. Mas os estudiosos também dizem que essa “dor” seria a construção dos músculos, mesmo os mentais.

Então as palavras cruzadas e o Sudoku não bastam, tem que ir até não suportar mais…e prosseguir, sem desistir. Aprender um novo idioma ou aprender música seriam bons exercícios para o cérebro. Nadar e correr, para o corpo. E, assim, você começa a construir uma camada mais “casca grossa” no seu cérebro, e, talvez, torne-se também uma super-pessoa-de-idade. A dica é começar já!

No site do Journal Neuroscience você vê o estudo completo.

No site do The NY Times você vê um bom resumo sobre o assunto.

(ambos em inglês – pra já começar a exercitar o cérebro rs).

Valores Nutritivos da Ceia de Natal

 

Chegou a véspera de Natal! A noite de hoje é, para muitos, de se fartar de pratos especiais, na ceia natalina. Se você pensa que os pratos da ceia só servem para encher barriga e não trazem nada de bom, está muito enganado. Fiz o infográfico abaixo pra mostrar o valor nutritivo de alguns alimentos típicos desta noite:

Mas, vale lembrar: nada de exagero! Se comer com a devida parcimônia, o jantar natalino, além de ser um momento festivo e gostoso, também será bem nutritivo!

Feliz Natal!

Deshun Wang, modelo aos 80, uma inspiração

deshun-wang-china

Deshun Wang é um modelo chinês que tem feito sucesso no mundo inteiro por vários motivos: ele é bonito, tem corpo bem esculpido, presença de passarela e em frente às câmeras fotográficas e tem surpreendentes 80 anos de idade. Os desfiles de que participa não são para “velhinhos”, é entre outros modelos mais jovens mesmo.

Um fato curioso é que muita gente tem dito que ele é um desses “sucessos instantâneos” da internet, ao que ele retruca, dizendo que se preparou a vida inteira para este momento. Não que tenha desejado ser um modelo de passarela exatamente, mas foi estudou para ser ator, aprendeu outro idioma – quando já havia passado dos 40 anos!, perdeu tudo, recomeçou, aprendeu a nadar aos 50, voltou aos palcos aos 57, começou a se exercitar pra valer, pra deixar o corpo malhado, quando já estava com 70 anos de idade e fez o primeiro ensaio fotográfico aos 70!

Agora que ele é um modelo mundialmente famoso, o que será que espera? Ele mesmo diz, no vídeo abaixo:

Na China ele já deveria estar compulsoriamente aposentado, mas está na luta e cheio de sonhos, provando que nunca é tarde pra seguir seus sonhos. Uma boa inspiração pra começar a semana, não acham?

A Ciência e os “atletas coroas” das Olimpíadas

Na semana passada fiz um post bacana aqui no blog, sobre os atletas de mais de 40 anos de idade nas Olimpíadas. Aí ontem saiu uma matéria muito legal, no Fantástico, também sobre esses atletas “coroas”, com foco no uso da ciência para que o fôlego e explosão muscular permaneçam, mesmo com o passar dos anos.

Biomecânica para identificar e corrigir desequilíbrios, remédios que evitam o endurecimento de fibras e até terapia genética, com o uso de células-tronco para que seja possível prolongar a vida como atleta já são realidades. Inicialmente esses trabalhos são voltados a atletas de alta performance, mas que podem servir a nós, simples mortais, também. Eu acho tudo isso muito interessante, porque, mesmo não sendo atleta, espero que, se tiver uma vida longa, que ela continue sendo saudável e independente. O que vocês acham disso?

A matéria completa do Fantástico está aqui.

Asus mostra novos membros da “família Zenfone”

Já disse aqui que não sou a loka das trocas de celulares, mas amo quando tem uma novidade na área. Como consumidora comum que sou, me fixo mais nas coisas que são palpáveis do que no “motor” da coisa, ou seja: reparo mesmo é se tem vidro que não arranha, se faz boas fotos e se aguenta o tranco de ter um monte de coisas ativas ao mesmo tempo sem pifar e, claro, se a bateria vai embora rapidinho ou fica.

Então hoje a Asus, de que já falei aqui no blog, lançou, durante a Computex, evento que reúne gente de Tecnologia do mundo inteiro em Taipei, seus novos aparelhinhos. Fiquei bem impressionada, viu? Boas funcionalidades, “motor” forte e ainda são lindos! Reuni numa imagem algumas coisas que me chamaram a atenção nessas novidades, o Zenfone 3 Deluxe (sim, de luxo puro, digo logo que #quero), Zenfone 3 e Zenfone 3 Ultra. Olha aí:

Novidades asus (1) zenfone 3 deluxe ultra

Ainda não sei quando esses celulares chegarão ao Brasil, mas já fiquei com vontade de ter uma belezoca dessas. Na ocasião do lançamento dos novos Zenfone a Asus também lançou novos notebooks, ultrabooks e até um robô doméstico bem bacana e muito bonitinho, o Zenbo. Ah, tecnologia! Taí uma coisa que fico feliz de a gente ter “alcançado” – ô, coisa boa pra facilitar o dia a dia!

*Aqui nesse post eu falo do inicio da minha “relação’ com a Asus. 

Promessas de ano-novo no celular

app para resoluções metas de ano novo

Eu tento não fazer promessas para o ano-novo porque sei que não cumpro a maioria delas. De qualquer modo, é sempre bom pensar que pode melhorar algo em si, em qualquer tempo que seja – e a chegada de um novo ano é um bom marco para começar algo bom.

Então, se você está planejando algumas coisas para 2016, como começar a se exercitar, economizar, iniciar uma dieta, dar uma chance ao amor ou fazer uma viagem, entre outras ideias, trouxe aqui alguns apps de celular que podem ajudar a manter as resoluções de pé. Dá uma olhada:

  • Prometeu que se exercitaria mais ou que, pelo menos, sairia do sedentarismo? Existem zilhões de apps para acompanhar o seu progresso nas atividades físicas! Eu gosto do Google Fit, que é bem simples de entender e me serve bem para ver pelo menos quanto andei nos esforços de “desce na parada de ônibus mais longe” ou “sobe de escada em vez de elevador”. Quando estava na caminhada para exercitar mesmo, curtia usar o Runkeeper (aqui, se usa Android). Vamos fazer ioga? O Pocket Yoga, disponível em várias plataformas, traz várias posturas.
  • Vai fazer dieta? Que tal pelo menos ter uma alimentação mais saudável? Outros zilhões de apps, como o Nutra Bem ou o Dieta e Saúde – este, com a famosa Dieta dos Pontos, do dr. Halpern (aqui, se usa iPhone).
  • É pra economizar dinheiro? Eita, que essa não é nada simples! Mas, se você acha que um app que ajude a controlar as contas e planejar gastos vai colaborar com essa meta, é isso aí: use! Me sugeriram dois: o Organizze e o Guia Bolso. Nunca usei, só fiz dar uma olhadinha neles, mas me parecem bem fáceis de usar.

goaltracker2

Mas, se você acha que o que precisa mesmo é de “puxões de orelha”, de vez em quando, saiba que também existem aplicativos para lembrar de cumprir metas! A leitura diária do livro, o exercício físico, tomar mais água, não fumar, seja lá qual for a atividade, basta cadastrar e os avisos chegarão. Toma aí uma listinha de alguns desses apps (alguns no iTunes, outros na lojinha do Google):

  • Goal Tracker – o visual dele é muito bacana, é fácil de usar
  • Way of Life – o gráfico faz você entender bem o seu progresso nas metas
  • Habit List – as barras que mostram como anda seu desempenho ajudam a verificar, por exemplo, os melhores horários de atividades para você
  • Diário de Sucesso Puncher – neste você também pode avaliar o dia
  • Life Goals Free – para Windows Phone. Básico e bacana.
  • Habit Goals – estabeleça metas de todos os tamanhos
  • Any.do – para várias plataformas, é um dos mais usados no mundo!

Pronto! Se o problema era saber que bastam apenas alguns dias do novo ano chegarem que as metas já vão pro espaço, agora já sabe o que pode fazer pra ajudar a mantê-las.

Uma boa mudança de hábitos é, muitas vezes, o melhor a se fazer para alcançar o sucesso, concordam? Então vamos lá instalar os aplicativos e FELIZ ANO NOVO pra todo mundo! Um 2016 cheio de saúde, alegria e energia pra essa gente boa que passou dos 40 anos! “Vamoquevamo”!

Como economizar depois dos 40?

dicas economizar

Uma confissão: não sei economizar dinheiro. Não sou consumista compulsiva, mas normalmente não me sobra dinheiro suficiente para executar  alguns planos. Independente da educação financeira que tive na infância, depois dos 40 anos é mais do que tempo suficiente para aprender a importância de economizar, seja para algum plano concreto, para períodos difíceis ou simplesmente para um futuro melhor*. Não é fácil adquirir novos hábitos nessa idade, eu sei bem, mas temos que tentar, né?

Então reuni aqui quatro dicas que recebi de amigos e que li em alguns textos sobre o assunto. Colhi para me ajudar mesmo, coisas leves, sem muito radicalismo – que começar assim acabaria me fazendo desistir. Então achei que poderia ser uma boa ideia compartilhar com vocês. Olhem aí e me digam o que acham:

cofre porquinho como economizar

  • Separe 10% de tudo que você ganha e deposite em uma conta (corrente, poupança, qualquer coisa). É um dízimo mesmo, mas para você mesmo. Mas tem que fazer como se esse percentual nem existisse pra você, entende? Assim: se você ganha mil reais (líquidos, claro), você começa a pensar “eu ganho 900 reais” – os outros cem são para guardar.
  • Observe, na sua fatura do cartão de crédito, o que mais “drena” o seu dinheiro, ou seja, com o que danado você gasta tanto! No meu caso já percebi que “comida” e “táxi” aparecem em destaque. Levar almoço de casa para o trabalho e sair mais cedo para os meus compromissos (e, assim, não me atrasar para o horário do ônibus) provavelmente me ajudarão.
  • Arrumar o guarda-roupa pode fazer você encontrar peças que há tempos não usava, que ainda servem e até voltaram a estar em moda. Assim, você deixa pra comprar aquela roupa especial só quando houver um bom motivo ou uma ocasião especial pra isso. Isso serve também para a estante de livros – vai perceber quantos ainda não foram lidos ou merecem ser relidos, antes de comprar peças novas.
  • Se reunir com os amigos em casa mesmo, de vez em quando. Vamos combinar que muitos de nós (ok, sou eu mesminha) já nem tem vontade ou pique de ir a uma farra depois da outra. Como o que gosto mesmo é da conversa com gente que gosto, qualquer lugar fica bom – inclusive a casa das pessoas. Leva pratos ou cozinha junto, leva a bebida e tá ótimo.
  • Compre um cofrinho porco de cerâmica. É sério! Você vai colocando um troquinho aqui, outro trocado acolá, tem pena de quebrar o bichinho logo e, em algum tempo, já tem um dinheirinho ali. Não vale aqueles de plástico que tem tampinha – fácil demais de cair em tentação!

 E aí, acham que eu consigo? Não é nada complicado. Espero que sirva para alguém que esteja lendo, também. Se tiverem outras dicas, deixem aí nos comentários.

* Sobre isso de para um futuro melhor, que tal um post sobre aposentadoria pra quem já chegou aos 40 anos e ainda não se preparou pra isso?

Um Senhor Estagiário: risadas e pensamento no futuro

use_600x600-exib

Eu não consigo me ver aposentada. Tenho a impressão de que, por vários motivos, nunca pararei de trabalhar. Aliás, cometo o erro de nem me preparar pra esse momento, tanto financeiramente quanto mentalmente. Digo isso porque tem gente que simplesmente não se acostuma a um dia-a-dia diferente, sem as obrigações que tinha antes.

Foi assim com Ben Whittaker, 70 anos: ele não se acostumou à aposentadoria. Então arrumou uma nova ocupação: estagiário em um site de moda! A partir daí ele se depara com uma dinâmica de trabalho diferente da que conhecia, enfrenta obstáculos que nem sabia que existiam, faz novos (e jovens) amigos e tudo mais. Ben é o personagem principal do filme Um Senhor Estagiário ” (clica aí pra ir pro site do filme), estrelado por Robert De Niro e que já está em exibição nos cinemas.

Do outro lado da história do estagiário setentão está a jovem chefe dele, Jules, vivida por Anne Hathaway. Ela está naquela fase de se atolar em trabalho e não dar conta de tudo, de ter que conciliar família e todo o resto. Não usufrui da vida. Um contraponto ao personagem de De Niro – ou, melhor dizendo, eles se completam, mostram novas realidades e modos de lidar com isso.

Enfim, temos uma boa comédia, pra rir, passar o tempo e distrair a mente, mas também temos em “Um Senhor Estagiário” uma boa reflexão sobre o que estamos fazendo de nossas vidas hoje e estamos nos planejando para o futuro e suas novas realidades. E então, você já pensou em como espera estar daqui a alguns anos? Me conta aí!

* ATENÇÃO! Promoção relâmpago para ganhar um par de ingressos para ver o filme “Um Senhor Estagiário” rolando na página do do Novos40 no Facebook AGORA!