Steve Carrel, grisalho e cobiçado

O ator Steve Carrel é conhecido por muitos papeis no cinema, entre eles “O Virgem de 40 anos”. O que talvez ele não esperasse e está acontecendo agora, aos 54 anos era se tornar o grisalho mais cobiçado de Hollywood, posto que várias revistas e sites de celebridades estão dando a ele.

Ele apareceu grisalho para a estreia do “Meu Malvado Favorito 3”, que estreia esta semana. Parece que foram mesmo os cabelos que fizeram fãs abrirem os olhos para ele – que, aliás, parece não estar acostumado ainda ao assédio e diz que se trata apenas de genética. Mas ele está tirando onda do assunto, dizendo que agora faz parte do mesmo “clube” de George Clooney, o “Caras com cabelo grisalho sexies club”. Essa turma na “casa dos enta” está super bem, hein?

Deshun Wang, modelo aos 80, uma inspiração

deshun-wang-china

Deshun Wang é um modelo chinês que tem feito sucesso no mundo inteiro por vários motivos: ele é bonito, tem corpo bem esculpido, presença de passarela e em frente às câmeras fotográficas e tem surpreendentes 80 anos de idade. Os desfiles de que participa não são para “velhinhos”, é entre outros modelos mais jovens mesmo.

Um fato curioso é que muita gente tem dito que ele é um desses “sucessos instantâneos” da internet, ao que ele retruca, dizendo que se preparou a vida inteira para este momento. Não que tenha desejado ser um modelo de passarela exatamente, mas foi estudou para ser ator, aprendeu outro idioma – quando já havia passado dos 40 anos!, perdeu tudo, recomeçou, aprendeu a nadar aos 50, voltou aos palcos aos 57, começou a se exercitar pra valer, pra deixar o corpo malhado, quando já estava com 70 anos de idade e fez o primeiro ensaio fotográfico aos 70!

Agora que ele é um modelo mundialmente famoso, o que será que espera? Ele mesmo diz, no vídeo abaixo:

Na China ele já deveria estar compulsoriamente aposentado, mas está na luta e cheio de sonhos, provando que nunca é tarde pra seguir seus sonhos. Uma boa inspiração pra começar a semana, não acham?

Os +40 das Olimpíadas do Rio

Oksana Chusovitina, 41

Oksana Chusovitina, 41

A gente sabe que a maior parte dos atletas que estão competindo nas Olimpíadas do Rio de Janeiro é formada por gente bem novinha. Alguns ali são adolescentes mesmo. Na ginástica artística, por exemplo, tem gente de 13 anos de idade! Pois foi justamente nesse esporte que uma atleta chamou atenção por causa mesmo da idade: Oksana Chusovitina, que veio competir em uma Olimpíada pela sétima vez, aos 41 anos! Ela tem um filho de 17 anos, ou seja, ele é da idade de muita gente que concorre com essa atleta do Uzbequistão.  Pois fica ligadinho que hoje tem final de competição com ela!

Porém, Oksana não é a única atleta com mais de 40 anos competindo na Olimpíada do Rio de Janeiro. Nas provas equestres, por exemplo, temos Willian Fox-Pitt (47, Grã Bretanha), Steffen Petters (EUA, 51 anos), Beezie Madden (EUA, 52), Philip Dutton (EUA, 52), Mark Todd (Nova Zelândia, 60 anos) e a australiana Mary Hanna, que fará 62 anos em dezembro. Também no hipismo e com 62 anos tem Julie Brogham, da Nova Zelândia. Isso só pra citar alguns, já que é nas provas de hipismo que se encontra alguns dos atletas com idade mais avançada.

Tem mais: a primeira medalha de ouro olímpico da história do Vietnã veio de Hoang Xuan Vinh, de 41 anos, no tiro com pistola. A média de idade da equipe de tiro dos Estados Unidos é de 51 anos! E não pense que é só nas provas que talvez alguns pensem que exijam menos fôlego que os “acima dos 40” estão: olha o maratonista Meb Keflezighi, de 40 anos, pra provar isso – mesma prova do australiano Scott Westcott, de 41 anos. Do Brasil a atleta com mais idade é Janice Teixeira, do tiro, que tem 54 anos e supera um AVC (!!!).

A gente sabe que a grande maioria desses atletas de elite – se não todos – não começou a praticar esportes agora, começou bem jovenzinho. Mas, uma coisa é certa: mesmo hoje, com mais de 40 anos, eles têm saúde, fôlego, enfim, preparo físico de dar inveja a muita gente mais jovem. Tem vários fatores envolvidos, sendo genética e disciplina com treinos e alimentação, certamente, grandes destaques. Provavelmente começando hoje, já adultos, é bem difícil chegar em um nível olímpico, mas pode ser uma boa ideia tê-los como exemplo pra começar a praticar algum esporte, sabendo que, com dedicação, não tem essa de não ter mais idade pra ser atleta, certo? Medalha de ouro pra todos eles!

Mick Jagger, 72, pai novamente e nenhuma surpresa

jagger melanie

Imagem: The Sun

Olha ele aí de novo! Mick Jagger será pai pela oitava vez, aos 72 anos. Muito bacana, mas não exatamente surpreendente, afinal, homens não têm exatamente um “prazo de validade” ter filhos assim como, infelizmente, as mulheres têm. Aliás, espero que se torne natural que a mulher tenha filhos mais tarde, de forma saudável e feliz – e não me venham com “mas ela vai estar velha demais pra aguentar o pique das crianças”, se isso não vale também para os homens. A mãe do novo Jagger é a bailarina Melanie Hamrick, de 29 anos.

Convenhamos, é surpresa para alguém que ele tenha uma vida sexual ativa? Não, né, minha gente? Aliás, vida sexual longa e próspera para todos, que um dia a gente também estará na casa dos 70 e espera-se que ela seja animada. E, pelo que dizem de Mick Jagger, ~animação~ é com ele mesmo. Então não duvidemos de outros Jaggerzinhos daqui a mais algum tempo. Bote fé no velhinho, ele sabe o que faz.

Chico Buarque, o jovem de 72 anos

Chico-Buarque1

Chico Buarque é um jovem. Ele faz 72 anos hoje e representa bem a geração #Novos70, que trabalha, curte a vida, ri de si mesmo, vive. Sabe que, apesar de ter escrito muitas músicas, contos, poemas e até novelas, ele só publicou de fato o primeiro romance, Estorvo, aos 47 anos? Era um #Novos40, quando estava nessa fase, com certeza. Sobre essa juventude de alma dele, tem um texto publicado hoje no Brasil 247, chamado “Chico Buarque e a Juventude dos que Passamos dos 60“, muito bom. Aliás, ele continua sendo, aos 72 mesmo o galã dos sonhos de muita gente, viu?

Então vamos deixar de “pra que isso’ e  celebrar o aniversário de Chico Buarque de uma forma ótima: escutando algumas de suas músicas. Confere aí!


Saltimbancos, porque quem foi criança entre as décadas de 70 e 80 possivelmente começou a escutar Chico Buarque por aí


Sabem que boa parte das músicas do filme “Saltimbancos Trapalhões” também é de autoria de Chico Buarque, né?


O primeiro disco, “Chico Buarque de Hollanda”


A “Ópera do Malandro”, maravilhosa!


Entre as minhas músicas preferidas, da vida toda


O último trabalho, até este momento, “Chico”

Pra completar, um vídeo sensacional, que não é de músicas de Chico, mas dele rindo dele mesmo e dos comentários maldosos que fazem a seu respeito, na internet, inclusive do povo chamando ele de velho e dizendo que está bêbado. Ele gargalha super e isso é fantástico, serve de exemplo pra gente. Vamos rir da gente mesmo, povo! :D

Hahaha…o povo é ruim pra danar e ele só ri! É isso aí! Feliz aniversário, Chico!

Veja mais sobre ele aqui.

Rodrigo Santoro, o “coronel” de 40 anos

rodrigo santoro idade 40 anos velho chico

Vocês tem acompanhado a novela Velho Chico, na Globo? Confesso que tenho visto menos do que gostaria, apenas por causa do cansaço físico mesmo – preciso dormir, afinal. Mas amo que o “cenário” dela seja o interior de alguma cidade nordestina e a trama coronelesca – que só fica bem na ficção mesmo, negócio de coronel na vida real, não, pelamor!

Mas, falando em coronel…e Rodrigo Santoro, no papel de Afrânio, hein, gente? Já, já acaba (porque vai passar de fase e quem viverá o coronel será Antônio Fagundes), agora que o personagem casou ficou até mais sério, mas aqueles primeiros capítulos, com aquela vibe dos filmes Hair + Tatuagem…que coisa maravilhosa (#quero)! Ele foi o entrevistado da última edição da revista Claudia, vocês viram? Sobre estar com 40 anos, veja o que ele disse:

Rodrigo Santoro 40 anos Revista Claudia

Acho que aos 50 ele estará tão bem quanto hoje: lindo, em busca de novos aprendizados e aventuras, trabalhando bastante, se divertindo e procurando ser feliz. Ou seja: um típico #Novos40!

Pra ver a entrevista completa de Rodrigo Santoro à revista Claudia, clique aqui.

Caitlyn Jenner: sobre ser feliz em qualquer tempo

Imagem: Vanigy Fair

Imagem: Vanigy Fair

Se tem um assunto causando alvoroço esta semana é a capa mais recente da revista Vanity Fair, com Caitlyn Jenner. Caso você não esteja por dentro (como?): Caitlyn é transgênero, já foi conhecido como o atleta americano medalhista olímpico (ouro no decatlo em 1976) Bruce Jenner e, ainda, commo ex-padrasto de  Kim Kardashian. Ela, inclusive, participava, ainda como Bruce, do reality show da família, o Keeping Up with the Kardashians.

Mas o assunto está aqui no blog não apenas por causa de todo o auê e sucesso – Caitlyn entrou no Twitter e em quatro horas chegou ao meio milhão de seguidores, esta semana. Trouxe isso pra cá porque o ex-Bruce resolveu fazer uma grande mudança em sua vida aos 65 anos, para ser feliz.

Ela, conta que sempre se sentiu mais feminina do que masculina, mas só recentemente sentiu-se encorajada a fazer o tratamento para mudar de sexo. Em abril, ainda como Bruce, falou pela primeira vez a respeito e agora apareceu pela primeira vez como mulher (ainda está no caminho do tratamento e ainda tem o órgão sexual masculino), e em roupas femininas. Enquanto Bruce, foi casado três vezes e teve seis filhos.

É muito bom quando alguém resolve que quer ser mais feliz e toma alguma atitude a respeito, não é? Se Caitlyn está fazendo isso aos 65, já sabe: nós, que estamos na casa dos 40, também podemos agir, mesmo que isso exija algo radical, para sermos felizes.Concorda?

Robert Downey Jr. cinquentão

FILM Reviews 2

Taí um cara que eu acho quase irresistível: Robert Downey Jr. Hoje ele completa 50 anos – sim, eu sei, blog pra pessoas de 40 anos e tal, mas é Robert Downey Jr, caramba! Hoje ele é um dos atores mais bem pagos do cinema e é quase certeza de bilheteria cheia. Mas o que gosto nele – fora o charme, claro – é que se reinventou.

Ele começou na carreira ainda criança, fez parte do Brat Pack – ou seja, futuro promissor – era estrela ascendente e estragou tudo por problemas com drogas e álcool. Teve vários processos de reabilitação e foi até preso! Fundo do poço, não? Pois é, ele surpreendeu, buscou se tratar, resolveu se reconstruir e está aí, um cinquentão no auge da carreira. Esse recomeço foi em 2003, quando estava com quase 40 anos. Uma lição? Sempre é tempo de recomeçar! Feliz aniversário, Homem de Ferro!

Bradley 40 anos/graus

325_slp_18787r_small2

bradley-cooper-638x425bcooper1

bcooper3images

Vocês viram quem entrou para  turma do #Novos40 na semana passada, no dia 05 de janeiro? Obonitão-talentoso-gente boa-e-emaravilhoso ator Bradley Cooper! Eu poderia contar a história dele aqui e tudo mais, mas isso você pode pesquisar no perfil dele no IMDB. Deixo vocês apenas com as fotos acima pra alegrar a segunda-feira. Bem-vindo aos #Novos40, Brad, seu lindo!

Novo quarentão na praça: Joaquin Phoenix

joaquin phoenix

O nome dele já foi “Folha” (Leaf Phoenix, irmão de River, Rain, Liberty e Summer…pais hippies, gente). Na verdade ele era Joaquin, mudou para Leaf e, depois, para Joaquin de novo. Ele nasceu em Porto Rico, mas foi criado nos Estados Unidos e teve passagens, ainda criança, pelo México e várias cidades da América do Sul já que os pais também eram da seita “filhos de deus”, que costumava trazer gente da Américad o Norte pros lados de cá. Junto com os irmãos começou a vida artística na música, depois foi para comerciais de TV e cinema. Quando o irmão mais velho, River, morreu de overdose ele estava lá junto e foi quem pediu ajuda à polícia.

Já teve problemas sérios com álcool, já tentou se livrar disso, já foi preso, já capotou com carro e quase morreu, ficou irreconhecível até para os fãs, surtou, passou um tempo que parecia nem tomar banho…e mais um tanto de coisas. Mas Joaquin Phoenix é lindo, um baita talento e é ativista social. Viveu tanto em tantas coisas que eu até pensava que ele fosse mais velho, mas é isso: Joaquin Phoenix faz quarenta anos hoje. Seja bem-vindo aos #novos40, então.