Beleza natural no calendário Pirelli

O famoso calendário Pirelli, mais uma vez, virá digno de aplausos em 2017, dando continuidade ao projeto de dar cartaz (com trocadilho) a mulheres influentes, importantes, em vez de apenas rostinhos e corpinhos bonitos e retocados. Aliás, assim como em 2016, as mulheres vêm como são, de modo irretocável, em suas belezas naturais – e o resultado é lindo! Como não poderia deixar de ser, claro que há várias mulheres com mais de 40 anos entre as que figuram o calendário Pirelli 2017. Olha só, que beleza:

Robin Wright, 50

Robin Wright, 50

Nicole Kidman, 49

Nicole Kidman, 49

Uma Thurman, 46

Uma Thurman, 46

Julianne Moore, 56

Julianne Moore, 56

Kate Winslet, 41

Kate Winslet, 41

Helen Mirren, 71

Helen Mirren, 71

Não sei vocês, mas eu senti uma força incrível dessas foto. O calendário ainda conta com nomes como Lupita Nyong’o, Jessica Chastain e Penelope Cruz, entre outras. Eu acho que desde que o calendário Pirelli assumiu essa linha ele atingiu um outro nível, um patamar bem mais elevado de qualidade (mesmo já sendo o calendário mais famoso do mundo, há anos), por ter um recado real a passar, do que realmente é belo. As imagens foram feitas pelo fotógrafo alemão Peter Lindbergh.

Você pode ver mais informações no site Pirelli.com.

Chimamanda para Boots n 7 – Uma feminista na maquiagem

chimamanda-boots-n-7

Eu não conhecia a marca de produtos de beleza britânica Boots N7. Mas ouvi falar esses dias e já fiquei com vontade de experimentar por um fator muito bacana: ter escolhido como “garota propaganda” da marca a escritora, palestrante e ativista feminista Chimamanda Ngozi Adichie. O mote da campanha é “READY do speak up”, ou “pronta para falar” (em alto em bom som, como um discurso mesmo). Chimamanda defende que quando mulheres usam maquiagem elas querem causar algum impacto.

É uma atitude que eu, particularmente, acho interessante, para desmistificar aquilo de achar que não dá pra ser feminista e feminina ao mesmo tempo – claro que dá! Empoderamento, creio eu, é isso: ter o direito de fazer o que dá vontade com o seu corpo, inclusive enfeitá-lo.

Aliás, só o fato de ter uma publicidade com uma mulher que é forte de verdade, linda, um exemplo, em vez de apenas uma modelo representando um papel de algo que não existe na vida real é alto fabuloso. Parabéns para a empresa – que espero conhecer em breve. A campanha está linda! A propósito, Chimamanda Ngozi tem 30 anos – mais um pouquinho e chega aqui aos #Novos40.

Marion Cotillard, 41, grávida

marion-cottilard

A atriz francesa Marion Cotillard anunciou há poucos dias que está grávida do seu segundo filho, isso poucos dias depois de ter sido jogada no meio de um dos boatos da separação de Brad Pitt e Angelina Jolie (e logo ter dito que não tem nada a ver com o assunto do casal). Cotillard, que tem 41 anos, é conhecida, entre outros filmes, pelos seus papeis em Piaf (pelo qual ganhou o Oscar), Inception e Big Fish, entre outros.

Foi ela mesma que anunciou a gravidez, há duas semanas, pelo próprio Instagram, com um post com verdades bem ditas pra quem estava dizendo o que não devia, já que ela acabou falando nisso só porque estavam dizendo que ela seria o pivô da separação do casal Brangelina (isso porque ela está lançando um filme com ele)!

marion-cotrillard-post-pregnant

“Esta vai ser minha primeira e única reação à notícia-turbilhão que quebrou 24 horas atrás e que eu estava preso em mim. Eu não estou acostumada a comentar sobre coisas como esta, nem levá-las a sério, mas que esta situação é uma espiral e afetando pessoas que eu amo, eu tenho que falar. Em primeiro lugar, muitos anos atrás, eu conheci o homem da minha vida, pai do nosso filho e do bebê que está esperando. Ele é o meu amor, o meu melhor amigo, o único que eu preciso. Em segundo lugar àqueles que têm indicado que estou arrasada, estou muito bem, obrigada. Essa conversa elaborada não é angustiante.
E a todos os meios de comunicação e os inimigos que são rápidos para julgar, eu sinceramente desejo-lhe uma rápida recuperação. Finalmente, eu faço muito desejo de que Angelina e Brad, tanto a quem eu respeito profundamente, vai encontrar paz neste momento muito tumultuado.
Com todo o meu amor”.

De tudo isso, só uma coisa: que desnecessárias, essas fofocas. Nada a dizer sobre o casal, mas muita saúde a Marion, a nova mamãe quarentona, e seu bebê! :)

Os +40 das Olimpíadas do Rio

Oksana Chusovitina, 41

Oksana Chusovitina, 41

A gente sabe que a maior parte dos atletas que estão competindo nas Olimpíadas do Rio de Janeiro é formada por gente bem novinha. Alguns ali são adolescentes mesmo. Na ginástica artística, por exemplo, tem gente de 13 anos de idade! Pois foi justamente nesse esporte que uma atleta chamou atenção por causa mesmo da idade: Oksana Chusovitina, que veio competir em uma Olimpíada pela sétima vez, aos 41 anos! Ela tem um filho de 17 anos, ou seja, ele é da idade de muita gente que concorre com essa atleta do Uzbequistão.  Pois fica ligadinho que hoje tem final de competição com ela!

Porém, Oksana não é a única atleta com mais de 40 anos competindo na Olimpíada do Rio de Janeiro. Nas provas equestres, por exemplo, temos Willian Fox-Pitt (47, Grã Bretanha), Steffen Petters (EUA, 51 anos), Beezie Madden (EUA, 52), Philip Dutton (EUA, 52), Mark Todd (Nova Zelândia, 60 anos) e a australiana Mary Hanna, que fará 62 anos em dezembro. Também no hipismo e com 62 anos tem Julie Brogham, da Nova Zelândia. Isso só pra citar alguns, já que é nas provas de hipismo que se encontra alguns dos atletas com idade mais avançada.

Tem mais: a primeira medalha de ouro olímpico da história do Vietnã veio de Hoang Xuan Vinh, de 41 anos, no tiro com pistola. A média de idade da equipe de tiro dos Estados Unidos é de 51 anos! E não pense que é só nas provas que talvez alguns pensem que exijam menos fôlego que os “acima dos 40” estão: olha o maratonista Meb Keflezighi, de 40 anos, pra provar isso – mesma prova do australiano Scott Westcott, de 41 anos. Do Brasil a atleta com mais idade é Janice Teixeira, do tiro, que tem 54 anos e supera um AVC (!!!).

A gente sabe que a grande maioria desses atletas de elite – se não todos – não começou a praticar esportes agora, começou bem jovenzinho. Mas, uma coisa é certa: mesmo hoje, com mais de 40 anos, eles têm saúde, fôlego, enfim, preparo físico de dar inveja a muita gente mais jovem. Tem vários fatores envolvidos, sendo genética e disciplina com treinos e alimentação, certamente, grandes destaques. Provavelmente começando hoje, já adultos, é bem difícil chegar em um nível olímpico, mas pode ser uma boa ideia tê-los como exemplo pra começar a praticar algum esporte, sabendo que, com dedicação, não tem essa de não ter mais idade pra ser atleta, certo? Medalha de ouro pra todos eles!

Inspirações: Hilary Swank, 42

Quem fez aniversário no último sábado foi Hilary Swank, atriz americana duplamente “Oscarizada” – em 2000, por Boys don’t Cry e em 2005, por Menina de Ouro. Ela é um daqueles casos de “atriz desde sempre” – sério, desde criança atuava e se mudou para Los Angeles, junto com a mãe, quando tinha só 13 anos, pra investir na carreira.

Gosto do quanto ela parece se entregar ao personagem, em cada filme que faz. Isso se percebe até fisicamente – e não é algo que se tem apenas com troca de figurino e maquiagem, mas faz a gente acreditar que ela É aquilo que está interpretando, entende? Enfim, Hilary fez 42 anos no último sábado e fica aqui como uma #Novos40 para ser lembrada. Pra homenagear, algumas imagens que mostram esse jeito “camaleão” dela:

Boys don't Cry

Boys don’t Cry

Menina de Ouro

Menina de Ouro

P.S. Eu te amo

P.S. Eu te amo

Um Momento Pode Mudar Tudo

Um Momento Pode Mudar Tudo

Sia, primeiro lugar na Billboard, aos 40

Marco histórico no mundo da música: Sia é a primeira mulher acima dos 40 anos (ela é de dezembro de 1975) a atingir o topo da Billboard, em quase 16 anos. Melhor: a música é em parceria com Sean Paul, que tem 43 anos.

Uma coisa interessante é que como Sia normalmente ela está com o rosto coberto pelas perucas, a maioria das pessoas (eu inclusa) nem fazia ideia da idade dela. Aliás, ela mesma já disse que as usa tanto por timidez quanto porque acha errado o escrutínio que se faz sobre artistas femininas, que não gostaria que falassem dela quando ganham ou perdem peso, colocam alongamento no cabelo ou se o bronzeado é artificial.  A peruca acaba sendo o que chama mais atenção no visual, no fim das contas. Compreende-se, é mesmo uma pena que seja assim. Mas, pra quem nunca teve curiosidade de procurar, olha ela aí:

sia1

Mas vamos ver o vídeo da música e celebrar, que essa #novos40 merece.

Mulheres que inspiram

Inspire_Others

A revista Marie Claire do Reino Unido publicou uma lista bem interessante: 17 mulheres líderes mundiais em quem se inspirar. É uma lista forte, formada por mulheres poderosas, de vários países. Aliás, interessante ver que alguns países também têm mulheres na presidência ou como primeiras ministras.

Na lista temos nomes que nos soam familiares, como a da chanceler alemã Angela Merkel, a presidente chilena Michelle Bachelet e a brasileira Dilma Rousseff (independente dos rumos que teremos, é bastante significativo uma mulher ter chegado  à presidência do Brasil). Mas, veja só, Libéria, Lituânia, Coreia do Sul e Croácia também têm mulheres como presidentes! Em breve teremos, ainda, Theresa May como primeira-ministra do Reino Unido e há a possibilidade de Hilary Clinton na presidência dos Estados Unidos! Isso é fantástico!

As mais jovens da lista da Marie Claire têm 48 anos – as presidentes da Croácia – Kokinda Grabar-Kitarovic e a primeira-ministra da Namíbia, Saara Kuugongelwa. Bem, provavelmente a maioria de nós não vai chegar ao mesmo posto dessas mulheres, mas, da minha parte, sinto algo como “ainda dá tempo de eu fazer algo grande, notável” e tê-las realmente como inspirações. Afinal, são pessoas corajosas, que ousam romper padrões. Quem sabe você também se torne – ou até já seja – inspiração para alguém?

Veja a lista completa aqui.

Vista-se como uma rainha


“Veja aqui o que vestir se você tem mais de 40 anos de idade”. Já viu matérias e posts assim? Pois vou dizer a você, rapidinho: absolutamente tudo que você quiser, desde que sinta-se bem e confortável. Taí a rainha Elizabeth num conjuntinho verde limão, na última comemoração dos seus 90 anos, que não me deixa mentir. Aliás, uma boa coisa que vem com a idade é que a gente se importa cada vez menos com o que os outros pensam – aliás, se chegar os 80 eu espero não ter mais freios na língua e dizer tudo que penso hahaha.

No dia seguinte, lá estava a rainha toda cor-de-rosa, que nem uma Penélope Charmosa, pra continuar comemorando a chegada aos noventinha! Então é isso: veja exemplos, pegue referências, veja as tendências, mas só siga o que der vontade de seguir. Ok, sabemos que há protocolos, mas duvido que alguém não tenha dito “majestade, não seria melhor uns tons mais suaves, discretas, adequadas à sua idade?“, ao que ela, pelo visto, negou. Certíssima! Na dúvida, já sabe: vista-se como uma rainha! Ou, no caso, assim como Elizabeth: deixem que falem e seja feliz! Reine  de modo soberano sobre o seu guarda-roupa!

Vídeos: fanpage The Royal Family

Gillian Anderson Bond?

Normalmente não dou atenção ou não curto boatos, mas quando acontece de surgir um que é bacana e, ao mesmo tempo, surpreendente, não tem como não curtir. Como esse, de que a atriz Gillian Anderson, a Scully de Arquivo X, poderia ser a nova 007. A história surgiu depois de uma votação que apareceu pelo Twitter, com a hashtag #NextBond (próximo Bond) e o nome da atriz apareceu como favorito entre fãs. Aí, pra completar, a própria Gillian aparece no Twitter para agradecer pelos votos e publica essa imagem, com uma montagem, feita pela argentina Karla Carbajal, fã da atriz, da foto dela sobre um pôster de 007!

gilliananderson007

O que vocês acham da ideia, hein? O Mashable publicou uma lista de outras mulheres que também poderiam fazer bonito como 007. É só especulação mesmo, mas gostaram das possibilidades? A propósito: Gillian Anderson tem 47 anos – essa casa dos 40 é excelente para carregar o sobrenome “Bond”, concordam?

100 Anos e Correndo

Foto: Purpose2Play

Foto: Purpose2Play

Ida Keeling é americana do Bronx (NY) e é corredora. Mais que isso: ela é campeã norte-americana nos 60 metros rasos, entre mulheres de 95 a 99 anos. Ida tem 100 anos! Ela está prestes a participar de uma competição de 100 metros rasos e espera, assim, espera estabelecer um novo recorde para mulheres acima dos 100 anos. Nem sempre ela competiu – afinal, quando criança, não havia muito espaço para meninas negras praticarem esportes.

Aliás, ela não teve uma vida fácil: passou, junto com a família, pela Grande Depressão americana, já adulta perdeu o marido ainda bem jovem, criou os filhos sozinha, foi ativista, perdeu dois filhos, enfim, passou por barras bem pesadas. Quando menina ela já corria, mas só foi voltar a fazer isso e levar mais a sério quando já estava com mais de 60 anos de idade.

Ela corre, é campeã e não pretende parar tão cedo! Daqui dos meus humildes 42 anos quase sedentários (especialmente se comparar com a vida de Ida) só penso que ainda está em tempo de começar a minha vida de atleta, mas que eu deveria começar isso “correndo”! Olha aí o vídeo que o NY Times fez com ela e vê se você não sente o mesmo!