Cheiros e temperos no Oficina do Sabor

Sei que já trouxe o restaurante Oficina do Sabor algumas vezes ao blog, mas, olha, no que depender de mim ele vai aparecer ainda outras vezes, tá? É como eu estava comentando com amigos: é um lugar daqueles tão agradáveis de estar que você nem vê o tempo passar. Se o próprio chef Cesar Santos estiver por lá pra uma conversinha rápida e simpática, então, é maravilhoso. E ainda tem os pratos deliciosos da casa, claro.

Desta vez fui pra apresentação dos pratos do Festival Sabores do Mundo, realizado em parceria com a Bombay Herbs & Spices, referência quando o assunto é tempero e especiarias. Portanto, pode esperar muitos aromas e sabores interessantes! Quem escolher o cardápio do Festival (98 reais) tem direito a entrada, prato principal, sobremesa e uma taça de vinho. Antes dos pratos, vem o mix de boas-vindas, com um caldinho de jerimum com manga e chips de gengibre e queijo coalho com pimenta da jamaica.

De entrada eu pedi a Lula Adorei o Cheiro, um trocadilho com a lula a dorée, que vem em aneis, acompanhada de uma deliciosa geleia de curry com manga (favor não confundir com chutney). A outra opção é o Espetinho Esperto, que vem acompanhado de molho barbecue. De principal eu optei pelo Bacalhau Dourado de Cheiro, que vem perfumado por cinco especiarias e acompanhado de um delicioso purê de grão de bico, além do cuscuz do chef. Outras opções eram o Carneiro Assanhado, com molho Berberé (novidade para mim) e arroz libanês ou o Camarão Danado no Perfume, muito lindo, empanado na farinha de castanha e acompanhado de purê de beterraba.

Para a sobremesa, algo que está virando marca registrada do Oficina: um mix de sabores. O Me dê um cheiro tem pudim com cardamomo com chantilly, tapioca frita no perfume de “apple pie spice mix” com doce de leite e sorvete de menta com licor de cravo e canela.

Quem escolhe o cardápio Festival Sabores do Mundo ainda concorre a um almoço ou jantar no restaurante para até quatro pessoas! Mas corra: o festival só fica “em cartaz” por um mês. Uma boa pedida para este final de semana, hein?

Forneria 1121: além do forno

Dia desses fui convidada para ir à Forneria 1121, restaurante jovem, mas bem conhecido aqui no Recife principalmente por causa das suas ótimas pizzas. O objetivo era conhecer o novo cardápio da casa, elaborado pelo chef Lelo Rosa. Fui surpreendida, porque ele transformou 70% do menu do lugar e trouxe novidades bem arrojadas.

Quando digo arrojadas,quero dizer que ele foi além do forno que faz a fama da casa. A salada caprese transformada em uma musse maravilhosa, por exemplo, ou a lula crocante com maionese de lemon pepper, deliciosa! Pra dar um clima especial, uma legítima raclette, com o cheiro do queijo derretido invadindo o lugar e despertando ainda mais o apetite (acompanha batatas rústicas, presunto cru, torradas com zattar e aspargos).

De principal experimentei três (!!!) pratos: pescada amarela com risoto de abobrinha e espuma de limão siciliano – que refrescância!-, nhoque defumado com espuma de parmesão (ainda sonho com ele) e um maravilhoso mignon de cordeiro. Pra completar, de sobremesa, um surpreendente brigadeiro com BACON, mistura inusitada e deliciosa!

Claro que, como não poderia deixar de ser, pela tradição da casa, a Forneria 1121 também está com novidades no cardápio de pizzas. E, se eu fosse você, apostaria nos drinks da casa – o Red & Yellow que eu tomei é sensacional!

Então fica a dica de um lugar pra conhecer, aos que nunca foram, e para voltar, aos que ainda não conheceram as novidades do cardápio. Afinal, ser positivamente surpreendida é sempre algo bom a ser encontrado em um restaurante, certo? O lugar é na avenida Rosa e Silva, zona norte do Recife e a fanpage pra você ver mais sobre a casa está aqui. Os pratos que experimentei eu mostrei no Instagram do Novos40.

Para começar as férias: pipoca!

Estou de férias! Sem planejamento, provavelmente sem viajar, mas com muito descanso, sem hora pra acordar, achando todos os dias muito bons! Começaram na terça-feira (16/05) e vão até o dia 15 de junho, então ainda tenho um bom tempo pela frente. Qual não foi a minha surpresa, justo no primeiro dia recebi presente! Pipoca!

Não pipoca comum, mas da Blend Pipoca Gourmet. Vem numa lata linda, é sem aromatizantes, colorantes artificiais ou conservantes, e vem em vários sabores super diferentes: eu recebi as de Cocada e Caramelo&Flor de Sal, mas também tem Churros, Avelã&Cacau e Chocolate ao Leite. Crocantes, gostosas, saudáveis (não são fritas), diferentes…gostei do jeito que comecei o meu #ProjetoFérias40,

Tá rolando coisa boa: Festival Comida di Buteco

Costelinha da Bodega do seu Artur – foto: divulgação

Ainda falta pro final de semana, mas já está procurando o que fará no próximo finde prolongado? Dicona: está rolando o festival gastronômico Comida di Buteco. É aquele festival que divulga os bares mais simples, mas sinceros e deliciosos e faz um concurso entre as casas participantes para eleger o melhor petisco entre todos eles. Aqui no Recife são 25 bares participantes, em várias partes da cidade – zona norte, sul, oeste e Recife Antigo têm casas participando.

Casquinha de siri do bar Teatro Mamulengo. Foto: divulgação

A votação é feita pelos próprios frequentadores dos bares, que dão notas para atendimento, sabor e até temperatura da cerveja. Você até pode fazer seu próprio concurso, fazendo um tour pelos bares participantes e elegendo o que mais gostou, né? Fica a ideia! O Comida di Buteco vai até o dia 07 de maio. Para saber quais são os bares e o que cada um serve basta acessar o site do festival.

Inspiração para festa de 40 anos: concurso Miss Universo

Uma das coisas mais bregas, foras de propósito e sem jeito que ainda existem na face da terra são os concursos de miss. Mas, já pensou em desconstruir todo aquele conceito, ficar só com a parte divertida da coisa para fazer a sua festa de aniversário? Esta é a dica deste post para comemorar seus 40 anos. Obviamente que aqui a festa é para homens e mulheres e a nossa tônica é o humor mesmo. Vamos ver no que pode resultar?

Decoração

Além de flores – porque nos concursos de beleza sempre há muitas e elas sempre são ótimas na decoração de festas – objetos ou pôsteres que lembrem cenas em diferentes países seriam boas opções para decorar uma festa cujo tema é Miss/Mister Universo.

Trajes típicos

Se seus amigos forem super animados, vale fazer uma festa a fantasia inspirada nos trajes típicos dos países. Claro que não precisa ser nada glamouroso como nos concursos de verdade, apenas trajes que representem, de forma bem humorada, outros países e- quem sabe? – até planetas. Afinal, é o Miss e Mister Universo!

Luxo

Claro que em vez dos trajes típicos você poderia dizer para os amigos virem no traje de luxo (nos concursos de miss e mister chamados de “trajes de gala”), mas acho que isso não seria tão divertido quando roupas que representem países, planetas ou o que seus amigos inventarem.

Comidas

Com ou sem trajes típicos, uma boa ideia pra marcar de que se trata de uma festa com temática Miss/Mister Universo é ter comidas típicas de vários países. Pode parecer complicado, mas tem coisas simples. Na imagem acima mesmo tem três bem práticas: o americano cachorro-quente, o macarrão italiano e o taco mexicano. Pode fazer ilhas de países – e, claro, você só vai colocar alguns, não precisa colocar todos os países.

Bebidas

Com as bebidas, do mesmo modo que as comidas, dá pra representar países. Na imagem acima tem a sangria espanhola, a vodca russa e o champanhe francês. Mas claro que tudo pode ser resolvido de modo bem mais simples, sem tanta representatividade, mas igualmente divertido: contrate um serviço de barman para fazer uns drinks.

Lembrancinhas

Coroinhas de miss, várias e muitas faixas de miss e mister, bem humoradas, como Miss Comportamento, Mister Piadista, Miss Bacaninha, Mister Bonitão e coisas assim, simpáticas, seriam lembranças muito legais pro seu aniversário, hein?

Bolo de aniversário

Tanto faz se o seu bolo é cheio de rococós ou se é branco, simples. O que importa é que no topo você coloque uma coroa simbolizando o prêmio máximo que a miss Universo recebe. Já que o aniversário é seu, ela pode ser sua, hoje.

É isso. Uma festa, um prêmio, a total subversão de um concurso ultrapassado, de um jeito bem divertido. Que tal? Um bom modo de comemorar os 40 anos de idade, não acham?

Alimento fonte da juventude: feijão

O feijão, junto ao arroz, sempre formou a “dupla dinâmica” da gastronomia brasileira. Com o tempo, em busca de praticidade, muita gente acabou deixando a preferência pelo prato de lado. Mas o que muita gente não sabe é que o feijãozinho nosso de cada dia faz um bem danado à saúde e não deveria ser dispensado tão facilmente assim.

Só pra citar algumas coisas que o feijão pode fazer por você:

  • Ajuda a combater a anemia
  • Tem poucas calorias (isso o feijão comum, não vale pra “aquela” feijoada, hein?)
  • Tem alto poder de saciedade – deixa mais tempo com menos fome
  • Tem Vitamina B – reduz as inflamações do organismo
  • Tem proteína e fibras – boas para o coração
  • É rico em manganês – isso o torna um bom antioxidante
  • Tem Vitamina K – protege as células contra o estresse e oxidação. Também é ótima para o cérebro e o sistema nervoso.

Viu só? Uma verdadeira fonte de saúde que pode manter seu corpo forte e até mais jovem! Vamos voltar a valorizar o feijão do almoço, gente! Adiciona aí no PF, marmita ou “comida no peso” da semana!

O Gin Antiidade

 

O trocadilho só funciona em inglês: o Anti A-Gin, ou o Gin Anti-idade, agora é uma coisa real. Ou seja: tomar sua perfumada e saborosa bebida e ainda ficar com a pele ótima, jovem. O drink tem colágeno, o elemento que mantém a pele jovem – este seria o grande segredo. Além disso, também teria camomila e antioxidantes, como chá verde, hamamélis, urtiga, coentro e centella asiática, entre outros produtos. Esta última, aliás, dizem que seria eficaz para reduzir a celulite. Ingrediente típicos do gin, como zimbro e cardamomo continuam presentes na receita da bebida.

Matérias que li sobre o tal gin dizem que realmente quem o bebe fica com a aparência mais jovem…e eu achava que esse efeito era por causa do efeito “alegrinho” que o álcool traz. Mas se ele até hidrata, minha gente, mesmo com o tanto de álcool que tem, é realmente surpreendente!  O tal gin, como não poderia deixar de ser, é inglês. Tem à venda aqui.

Festival Vegetariano Delícia, no Recife

Paella de Vegetais. Foto de Gustavo Gloria (Divulgação)

Olha aí a oportunidade de conhecer comida vegetariana e saber que ela pode ser cheia de sabores deliciosos: começa hoje a segunda edição do Veggie’s Life, festival vegetariano que o Grupo Cantu, de hortifruti, faz com o restaurante Dali Cocina.

Quem comanda tudo é o chef Robson Lustosa, que fez dois menus para a ocasião, ambos com entrada, prato principal e sobremesa (59,90 reais, cada menu completo). Um cardápío é ovolactovegetariano e outro totalmente vegano. É bem interessante ser surpreendida e ver que esse tipo de comida vai bem além das saladas.Entre os pratos estão “polpettini de cogumelos ao creme de ervas com julienne de crêpe”, “kafta de lentilha”, “bricks de cogumelos e algas com molho de tofu e gergelim” e sobremesas, como o “gateau de cacau, banana e nozes com calda de caramelo e cacau”, entre outras maravilhas.

Gateau Cacau. Foto de Gustavo Gloria (Divulgação)

Acho que o Veggie’s Life é, obviamente, maravilhoso pra quem já é vegetariano/vegano, mas é principalmente a oportunidade para trazer algo novo e saudável ao paladar de quem come de tudo, mas quer algo diferente que seja, ainda por cima, saudável. Então aproveita, que o festival começa hoje e vai até o dia 16 de abril – tanto para almoço como para jantar.

Saiba mais sobre a Cantu e sobre o Dali Cocina.

A Dieta da Rainha

O Business Insider publicou esses dias a dieta da rainha Elizabeth, da Inglaterra, que está com 90 anos de idade. Será que está aí o segredo da longevidade dela? Dá uma olhada:

Desjejum – chá (sem leite ou açúcar) e biscoitos

Café da manhã – Frutas e cereais, principalmente. Entre os cereais, aveia Quaker, Kellog’s e Weetabix. Algumas vezes também tem torradas com geleia e/ou ovos mexidos com salmão defumado.

Aperitivo – Hora dos bons drinks. Antes mesmo do almoço ela toma um Gordon’s gin com Dubonnet, com uma fatia de limão e gelo.

Almoço – Peixes grelhados (ou frango) e salada. Nunca batata, arroz ou massas.

Chá – Um lanche, com sanduíches (de pepino, salmão defumado, maionese de ovos, presunto com mostarda). bolos (o bolo esponja sempre está lá) e scones (um tipo de pão) e biscoitos.

Jantar – Carnes de boi, faisão ou de veado com molhos de cogumelo ou de uísque são bem comuns. De sobremesa é bem comum ter frutas, como morangos ou pêssegos (estes, colhidos no pomar do castelo de Windsor). De vez em quando também tem chocolates – entre as marcas preferidas estão Charbonnel et Walker, Prestat e também Cadbury ou Nestlé.

Antes de dormir – Uma taça de champanhe, que ninguém é de ferro, né?

Os produtos, claro, são de alta qualidade. O palácio costuma comprar produtos de fazendeiros locais. Como se vê, várias refeições, pouco carboidrato (exceto na hora do chá) e um drinquezinho podem ser os segredos para que a rainha esteja tão bem aos 90 anos.

Oficina do Sabor e Varanda lançam pratos da Boa Lembrança

Comer um prato gostoso e ainda levar pra casa uma lembrança que faça alusão àquela comida. É assim a dinâmica da associação da Boa Lembrança, que reúne restaurantes de várias partes do Brasil. Eu acho bem bacana, depois de comer algo bom levar pra casa o prato (louça) pintado com os ingredientes, assim nunca esqueço o que comi naquele lugar.

Camarão ao Coco Oco, do Oficina do Sabor

Esta semana teve um lançamento dois-em-um, de dois (ótimos) restaurantes, de uma vez só: o Oficina do Sabor, em Olinda, e o Varanda, que fica em Fernando de Noronha. Por questões de logísticas e pela amizade dos chefs das duas casas, César Santos e Auricélio Romão, o evento aconteceu no Oficina. O prato deste, aliás, é delicioso: Camarão no Coco Oco, fruto de experiências que César fez com a fruta ao longo dos últimos meses. Leva camarões, molho de coco do chef, legumes e é acompanhado por arroz de curry e purê de banana comprida (da terra).

Santo’s Santos Cesar, do restaurante Varanda

O prato de Auricélio para o Varanda já mostra a que veio antes mesmo da gente saborear: que perfume maravilhoso! O “Santo’s Santos Cesar” é uma homenagem que o chef faz ao amigo César Santos e traz uma releitura de pratos com peixes envolvidos na folha de bananeira que se encontra em Noronha: papillote de filé de peixe e camarão sobre cama de banana comprida e tomate, ao molho perfumado com leite, gengibre e curry. Sabor delicado e uma sensação de estar sendo maravilhosamente perfumada por dentro.

Tanto aqui no continente quanto lá no arquipélago há uma certeza: os pratos comprovam, mais uma vez, que os dois chefs são mestres na alquimia dos aromas e sabores.