Três “Modas” atemporais

Eu curto moda, mas não sou a que vive mudando todo o guarda-roupa a cada estação…nem tenho grana pra isso, nem teria paciência. Como a maioria das pessoas, repito roupas e tenho umas peças-coringa. Aliás, tem umas pecinhas que, ao longo do tempo, a gente vai percebendo que sempre tem que ter mesmo, porque vai salvar a gente naqueles dias de não saber o que vestir, mas também porque conseguem combinar, como poucas coisas, o “vestir bem” com o “fazer sentir bem”. Fiz uma listinha bem rapidinha, com três delas, pra ver se vocês concordam comigo:

calca-jeans-de-corte-reto

camisa-branca-moda

chinelos

Percebam três coisas aqui nessas “modas” que estou citando:

  1. Elas servem para mulheres, homens, trans, enfim, pra todo mundo, sem distinção de gênero.
  2. Não citei grifes, porque você encontra de várias marcas, com vários preços, com muita facilidade. Veja esses itens como investimentos, porque você vai usá-los, com toda certeza.
  3. Essas “modas”, além de ser lindas, privilegiam um item que acho essencial, especialmente quando vai passando o tempo e a gente começa a “sentir” mais o nosso corpo, digamos assim: conforto. Que sensação boa, a de sentir-se bem dentro da própria roupa!

Você encontra esses “itens de moda” em lojas do shopping, lojas do centrão, em lojas online (fique ligado, há várias ótimas, inclusive com descontos ótimos, como esta aqui) e afins. Ficar bem e sentir-se bem, este é o cerne da questão, isso é estar na moda.

Imagens das artistas: Pinterest