Qual é o momento certo para se consultar com um geriatra?

Imagem: SBGG

O tempo passa e a gente vai envelhecendo – o caminho é esse. Algumas coisas vão acontecendo com o nosso corpo e a gente acaba se ligando: pode ser coisa da idade? Será mesmo? Que outros fatores estão relacionados? Enfim, existe um médico para cuidar da saúde das pessoas mais velhas: o geriatra.

Mas, você sabe quando é a hora de procurá-lo? Entrevistei a médica Maisa Kairalla, especialista em geriatria, Presidente da Comissão de Imunização da Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia e Coordenadora da comissão especial COVID-19 da SBGG. Vamos ver o que ela nos fala a respeito?

– A gente costuma ouvir que geriatra seria um “médico para idosos”. É isso mesmo? Com que idade deve-se começar a se consultar com um geriatra e por quê?

É sim. Um médico formado com dois anos de clínica geral e dois anos de geriatria. 

O envelhecimento começa cedo. A ideia é tratar o envelhecimento durante o período do envelhecer para que os pacientes cheguem melhor na velhice. Fundamentalmente, a partir dos 60 anos o geriatra está apto para o acompanhamento, mas prevenir o envelhecimento a partir dos 40 anos não é inviável que o geriatra o faça.

– Quais os principais motivos para que uma pessoa de 40 anos de idade procure se consultar com um geriatra? Ele substitui as consultas regulares com um clínico geral?

Ter um envelhecimento programado é mais saudável. Ter a ajuda de um clínico que entenda sobre envelhecimento para ajudar a se programar.

Sim, constitui basicamente as consultas regulares, mas é importante ressaltar que não é somente o Geriatra que faz esse serviço, é necessário ter um bom clínico, um bom cardio, que faça também essa análise geral.

– Alguma transformação acontece no nosso corpo a partir dos 40 anos?

São muitos fatores. Podemos citar alguns como problemas cardiovasculares, fatores neurológicos, ósseos, os metabólicos, mas o principal são os metabólicos, como diabetes e colesterol. 

– Quais são os principais problemas de saúde que nos acometem por causa do passar do tempo (independente da idade)?

Sedentarismo

– Alguns dizem que mais problemas de saúde são decorrentes de maus hábitos, como obesidade ou sedentarismo, do que pela idade. É isso mesmo?

Obesidade, diabetes e hipertensão são ligadas ao sedentarismo e o envelhecimento não saudável. Por isso, você pode ter o envelhecimento completamente saudável sem muitos fatores de risco, desde que você faça dietas, exercícios, promoção de saúde boa. O envelhecimento tem algumas doenças inerentes a ele, mas que são absolutamente controláveis com bons hábitos de vida.

– Com o acompanhamento de um geriatra, é possível prevenir para que a pessoa não tenha alguma doença considerada “de pessoas mais velhas”?

O paciente tem as doenças inerentes ao envelhecimento (envelhecimento fisiológico), mas é possível com o auxílio de um bom médico e de uma forma saudável, programar o envelhecimento e prevenção de doenças inerentes.

Mais alguma comentário?

É importante ter uma avaliação seriada ao longo da vida para se formar um idoso saudável a partir dos 60 anos. 

2 pensou em “Qual é o momento certo para se consultar com um geriatra?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *