Exercícios físicos na quarentena: questão de saúde!

Foto: Freepik

Já fiz várias coisas durante a quarentena, daquelas que são recomendadas: arrumei armários, me desfiz de objetos que não serviam mais, fiz cursos online, estou lendo um livro…mas uma coisa, confesso, não tenho feito: me exercitar – não vou mentir pra vocês. Ok, tenho um problema no quadril direito que dói pra caramba (em tratamento, mas com pausa, por causa do isolamento social), mas sei que há outras coisas que poderia fazer. É preguiça mesmo, shame on me

Então conversei com a profissional de Educação Física, a personal trainer Juliana Nobre, para que ela falasse sobre a importância de se exercitar nesse período e, olha, dá pra se mexer, mesmo morando em lugares pequenos, viu? Dá uma olhada no papo, abaixo!

Continuar com uma rotina de exercícios físicos é importante nesse período em que todo mundo tem que ficar em casa? Por que?

Com certeza. Não podemos dizer que a prática de exercícios físicos vai impedir que você pegue o vírus, porém ,será um grande aliado em amenizar os efeitos e sintomas que ele traz. Ficar parado nessa época nem de longe é uma opção, mas deve ser feito com ajuda de um profissional, principalmente se você não tinha o hábito de praticar anteriormente.*

Não é apenas uma questão de vaidade, né?

Não. Estamos passando por um momento onde não podemos pensar num padrão ótimo e sim, priorizar a sobrevivência. O que quero dizer com isso?  Com a quebra de rotina, com certeza seu corpo vai mudar,mas o que estamos buscando agora é nos manter saudáveis, vivos. A imunidade , o movimento e não menos importante, a saúde mental, devem ser o foco nesse período de quarentena.Tudo isso é possível com a ajuda dos exercícios físicos.

Isto significa que ir para uma academia é mesmo fundamental? Por que? 

Não. O que é fundamental é praticar exercícios físicos. Até porque, a maioria dos praticantes de exercícios físicos não está nas academias. Apesar de encontrarmos estes lugares cheios em muitos momentos, muita gente opta pelos exercícios ao ar livre, por exemplo.

A academia é sim, um local de acesso à prática, onde contamos com mais estrutura e ainda socializamos, mas podemos nos adaptar nesse momento onde a prioridade é diminuir os riscos de contaminação e propagação do vírus. 

Dá pra ter uma rotina de exercícios mesmo que a pessoa more em um lugar pequeno (levando em conta que nem exercícios ao ar livre serão permitidos com o lockdown)? O que ela pode fazer (que exercícios podem ser feitos)? 

Dá sim.  Os treinos que utilizam apenas o peso do corpo são os mais praticados em casa. Os adeptos à academia são os que mais sentem a necessidade de ter alguns materiais, então improvisam com objetos  domésticos como  cadeiras, sacolas com peso, cabo de vassoura , entre outros.

Deixa pra gente uma dica saudável para esse período de quarentena. 

“A dica que deixo para quem quer se exercitar no período de quarentena, independente da idade: Procure a ajuda de um profissional de educação física. Não tente copiar treinos aleatórios . Se você é sedentário, nunca treinou ou está há muito tempo parado, escolha atividades físicas como arrumar um armário, dançar, fazer pequenas caminhadas na casa. Saia do sofá! Para quem já  treina , opte por treinos moderados, nada de intensidade muito alta. Precisamos nos manter saudáveis, sem lesões e com a mente tranquila.

Crie uma rotina e inclua os exercícios nela. Meia horinha já vai cumprir seu papel e os efeitos serão percebidos em pouco tempo. Não estou falando sobre corpo sarado, estou falando sobre bem estar”.

Bem, depois de tantos conselhos e indicações, só me resta tentar, né? Pro meu próprio bem. Vambora? Quem quiser saber mais sobre exercícios ou contratar Juliana Nobre, dá uma olhada e entra em contato pelo Instagram: /juhnobrepersonal/.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *