Teste genético para verificar risco de câncer de mama

outubro-rosa-laco

Lembram quando Angelina Jolie retirou as duas mamas depois de fazer testes genéticos que detectaram que ela tinha chances bem grandes de ter câncer de mama bastante severo? Pareciam testes tão distantes da gente, algo que só nos Estados Unidos pode ter, né? Mas, na verdade, aqui mesmo no Recife e em outras cidades próximas é possível fazer esses testes.

Aí, veja só, o Genomika, laboratório clínico para testes moleculares e genéticos que lida em áreas de doenças raras, hereditárias , oncologia, hemato-oncologia e bem-estar-saúde, deixou público um teste para você saber se, pelas suas características físicas e histórico familiar, teria necessidade de fazer um desses testes genéticos. No final ele gera um resultado – que não é para criar alarme, mas apena para você saber que seria interessante passar, se for possível por um teste genético. O resultado do meu foi esse::

 mamarisk-genomnikaPelo meu histórico familiar, idade e outros fatores, eu deveria fazer um teste genético para detectar os riscos de ter um câncer de mama. Ano passado fiz um post sobre o Outubro Rosa e já relatei um susto que tive ao perceber uns nódulos em um autoexame enquanto tomava banho – para a minha felicidade, eram só nódulos líquidos, mas que me deram um susto tremendo. Ficar alerta é sempre necessário. Cliique aqui para fazer o seu teste do Genomika. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *