Caitlyn Jenner: sobre ser feliz em qualquer tempo

Imagem: Vanigy Fair

Imagem: Vanigy Fair

Se tem um assunto causando alvoroço esta semana é a capa mais recente da revista Vanity Fair, com Caitlyn Jenner. Caso você não esteja por dentro (como?): Caitlyn é transgênero, já foi conhecido como o atleta americano medalhista olímpico (ouro no decatlo em 1976) Bruce Jenner e, ainda, commo ex-padrasto de  Kim Kardashian. Ela, inclusive, participava, ainda como Bruce, do reality show da família, o Keeping Up with the Kardashians.

Mas o assunto está aqui no blog não apenas por causa de todo o auê e sucesso – Caitlyn entrou no Twitter e em quatro horas chegou ao meio milhão de seguidores, esta semana. Trouxe isso pra cá porque o ex-Bruce resolveu fazer uma grande mudança em sua vida aos 65 anos, para ser feliz.

Ela, conta que sempre se sentiu mais feminina do que masculina, mas só recentemente sentiu-se encorajada a fazer o tratamento para mudar de sexo. Em abril, ainda como Bruce, falou pela primeira vez a respeito e agora apareceu pela primeira vez como mulher (ainda está no caminho do tratamento e ainda tem o órgão sexual masculino), e em roupas femininas. Enquanto Bruce, foi casado três vezes e teve seis filhos.

É muito bom quando alguém resolve que quer ser mais feliz e toma alguma atitude a respeito, não é? Se Caitlyn está fazendo isso aos 65, já sabe: nós, que estamos na casa dos 40, também podemos agir, mesmo que isso exija algo radical, para sermos felizes.Concorda?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *