Menos sódio, mais saúde

10313354_532792433487057_6466537716628264419_n

Recentemente fui a São Paulo participar de mais um encontro do grupo #VivaPositivamente, iniciativa da Coca-Cola que reúne reúne blogueiros que curtem escrever sobre saúde e responsabilidade ambiental. Desta vez o encontro foi sobre comida com menos sal – por que devemos diminuir a quantidade, quais as consequências para o organismo e até aprendemos algumas receitas! Quem estava à frente dando as dicas era a – excelente – nutricionista Maria Cecília Corsi, no belo espaço Livlight, no Itaim Bibi, em São Paulo.

10592966_10152691169688086_5433920265345002159_n

O motivo do assunto? Basta dizer que a Organização Mundial de Saúde recomenda que o consumo diário de sódio seja de até cinco gramas ao dia, mas no Brasil a média de consumo é de quase 12 gramas – mais do que o dobro! Isso faz um mal danado! O excesso de sódio aumenta a pressão, sobrecarrega o coração e rins, aumento de peso e várias outras coisas ruins*. Como você bem deve saber, ele está em diversos produtos, mas principalmente no tempero mais consumido em todo o mundo: sal. Então, nesse encontro nós não fizemos apenas escutar a respeito de saúde, a Cecília Corsi nos deu uma aula sobre como diminuir a ingestão de sal na comida usando outros temperos.

10345581_532794196820214_2790638809450969973_n

Foi um dia aprendendo receitas maravilhosas, experimentando sabores ótimos e sentindo o sabor de temperos fantásticos! Claro que ainda teve o big bônus: experimentamos vários pratos em que foram usados pouco ou nenhum sal no preparo, como filé com crosta de pão e ervas, sopa de cenoura com pão de linhaça e um pãozinho de queijo maravilhoso, entre outros. Tudo levíssimo e divino! Tenho receitas de alguns pratos servidos, se quiserem, avisem.

10590509_532792743487026_3909848378606615847_n

10629730_532795043486796_3055212536952639201_n

Bem, eu que tenho pressão um pouco alta e tomo remédio pra isso diariamente há uns dois anos – genética e um longo período de estresse me deram esse péssimo “presente” – gostei bastante do encontro. Já tenho tentado diminuir um pouco da quantidade de sal, diariamente. Foi bom saber que normalmente não precisa eliminar por completo – até porque, como já disse, há sódio em outros alimentos – mas dá pra diminuir um bocadinho do consumo com boa vontade e explorando novos sabores. É uma dica não só para quem já chegou aos 40, porque mesmo as chances de problemas pelo excesso de sódio serem mais fáceis de encontrar à medida que ficamos mais velhos, isso pode acontecer com qualquer um. Então exija mais do seu paladar, apresentando novos temperos e sabores a ele – será algo prazeroso e saudável.

* Saiba outros dados sobre consumo de sódio no Brasil no blog de Saúde do Governo Federal

P.S. No final do encontro a Sam Shiraishi fez um hangout com a nutricionista Maria Cecília Corsi que vale a pena conferir. Dá uma olhada clicando aqui.

Fotos: Otagai Mídias Sociais e Sam Shiraishi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *