Cremes para clarear a pele

Já contei outras vezes aqui no blog que eu sou uma pessoa com sardas que, agora, como consequência das tantas vezes ao sol sem proteção, estão virando manchas no meu rosto. Na foto acima dá pra ver onde elas estão aumentando. Pra resolver isso ou pelo menos amenizar o problema – não tenho a menor intenção de deixar de ser sardenta, mas quero diminuir as manchas, que estão até as cobrindo – estou há alguns dias usando essa dupla dinâmica da foto abaixo: Blancy e Vitanol-A/Tretinoina.

O Blancy é um produto da Mantecorp Skincare (comprei por +/- 130 reais). É um “creme clareador”, com consistência entre gel e um creme bem fluido, indicado para combater as manchas e prevenir para que não apareçam novas. Quase não tem cheiro e a pele o absorve bem rapidamente. Tenho usado ele todas as manhãs (seguido de uma boa camada de protetor solar) e em noites alternadas (uma noite ele, outra o Vitanol-A).  Ou seja: dá pra usar mesmo morando em cidades ensolaradas, como eu moro, desde que se tenha os devidos cuidados. Minha pele arte um tiquinho no momento que coloco, mas passa rapidinho. Estou usando há uns 10 dias, mas a bula diz que os resultados só serão vistos mesmo depois de um mês de uso. Aguardemos.

Já o Vitanol-A/Tretinoina é o conhecido ácido retinoico, derivado da vitamina A. Ele tem a forma de um creme e é eficiente para eliminar e prevenir manchas provocadas pelo fotoenvelhecimento, além de atuar também para diminuir algumas ruguinhas, marcas de expressão e manchas provocadas por espinhas. O que estou usando é do laboratório Stiefel e custou pouco mais de 30 reais. Só use se for realmente recomendado por um dermatologista, já que o uso exagerado pode provocar ainda mais manchas. Eu só uso em noites alternadas, pra dormir, depois de lavar bem o rosto. Enquanto está sendo feito uso dele também é importante que durante o dia se use protetor solar.

Comecei a usar os produtos, como eu disse, há uns dez dias, mas os resultados devem ser vistos realmente depois de um mês de uso. Eu acho que as manchas já começaram a diminuir, mas deixa passar o período direitinho, que eu conto o resultado.

Festival Vegetariano Delícia, no Recife

Paella de Vegetais. Foto de Gustavo Gloria (Divulgação)

Olha aí a oportunidade de conhecer comida vegetariana e saber que ela pode ser cheia de sabores deliciosos: começa hoje a segunda edição do Veggie’s Life, festival vegetariano que o Grupo Cantu, de hortifruti, faz com o restaurante Dali Cocina.

Quem comanda tudo é o chef Robson Lustosa, que fez dois menus para a ocasião, ambos com entrada, prato principal e sobremesa (59,90 reais, cada menu completo). Um cardápío é ovolactovegetariano e outro totalmente vegano. É bem interessante ser surpreendida e ver que esse tipo de comida vai bem além das saladas.Entre os pratos estão “polpettini de cogumelos ao creme de ervas com julienne de crêpe”, “kafta de lentilha”, “bricks de cogumelos e algas com molho de tofu e gergelim” e sobremesas, como o “gateau de cacau, banana e nozes com calda de caramelo e cacau”, entre outras maravilhas.

Gateau Cacau. Foto de Gustavo Gloria (Divulgação)

Acho que o Veggie’s Life é, obviamente, maravilhoso pra quem já é vegetariano/vegano, mas é principalmente a oportunidade para trazer algo novo e saudável ao paladar de quem come de tudo, mas quer algo diferente que seja, ainda por cima, saudável. Então aproveita, que o festival começa hoje e vai até o dia 16 de abril – tanto para almoço como para jantar.

Saiba mais sobre a Cantu e sobre o Dali Cocina.

Dia da Mulher – Links Interessantes

O dia é de luta, conscientização, de entender que somos mais e que temos que exigir o que deve ser nosso: respeito, espaço, direito de ser o que quiser. Reuni alguns links que encontrei hoje e achei interessante compartilhar com vocês, sobre o tema:

É isso. Que sigamos na nossa jornada e que possamos mesmo ter, um dia, o 08 de março como uma data para celebrar conquistas.

A Dieta da Rainha

O Business Insider publicou esses dias a dieta da rainha Elizabeth, da Inglaterra, que está com 90 anos de idade. Será que está aí o segredo da longevidade dela? Dá uma olhada:

Desjejum – chá (sem leite ou açúcar) e biscoitos

Café da manhã – Frutas e cereais, principalmente. Entre os cereais, aveia Quaker, Kellog’s e Weetabix. Algumas vezes também tem torradas com geleia e/ou ovos mexidos com salmão defumado.

Aperitivo – Hora dos bons drinks. Antes mesmo do almoço ela toma um Gordon’s gin com Dubonnet, com uma fatia de limão e gelo.

Almoço – Peixes grelhados (ou frango) e salada. Nunca batata, arroz ou massas.

Chá – Um lanche, com sanduíches (de pepino, salmão defumado, maionese de ovos, presunto com mostarda). bolos (o bolo esponja sempre está lá) e scones (um tipo de pão) e biscoitos.

Jantar – Carnes de boi, faisão ou de veado com molhos de cogumelo ou de uísque são bem comuns. De sobremesa é bem comum ter frutas, como morangos ou pêssegos (estes, colhidos no pomar do castelo de Windsor). De vez em quando também tem chocolates – entre as marcas preferidas estão Charbonnel et Walker, Prestat e também Cadbury ou Nestlé.

Antes de dormir – Uma taça de champanhe, que ninguém é de ferro, né?

Os produtos, claro, são de alta qualidade. O palácio costuma comprar produtos de fazendeiros locais. Como se vê, várias refeições, pouco carboidrato (exceto na hora do chá) e um drinquezinho podem ser os segredos para que a rainha esteja tão bem aos 90 anos.

Aplicativos pra usar no carnaval

Seja pra ir pra folia ou pra curtir o descanso, o período de carnaval é sensacional! Então eu trouxe uma listinha de aplicativos que podem ser bem úteis nesse período. Olha aí:

  • PE no Carnaval – pra quem está por aqui e quer ver qual é a boa do dia. Assim ninguém perde o local e horário dos blocos. Pra quem está em Belo Horizonte também tem app, assim como no Rio.
  • 99 Táxis – Está com uma promoção MARA no carnaval, com desconto de 15 reais em três corridas. Pra sair dos blocos é um pouco complicado, mas pra IR pra folia é sensacional. Além dele, também tenho instalado o Easy Taxi e o Uber, afinal, ter opções é importante.
  • Conta coletiva – pra quem está dividindo casa com amigos ou vai fazer um churrasco com a turma esse é bom pra dividir a conta, sem dores de cabeça.
  • Churrascômetro – falando em churrasco, esse ajuda a saber as quantidades de suprimentos a serem compradas, de acordo com o número de pessoas
  • Happn – pra saber quem são as pessoas que cruzaram seu caminho…vai que rola, né?

Aproveite a folia!

O Novos40 faz três anos :)

Hoje é aniversário de três anos do blog. Um blog pequeno, que não tem posts todos os dias, mas que é feito com carinho, pesquisa e dedicação. É um hobby, um lugar para colocar coisas que vejo, penso, acho interessante, mas é também um trabalho levado a sério – não é feito de qualquer modo – com o objetivo de levar assuntos que possam interessar principalmente pessoas que tenham a partir de 40 anos de idade, mas que outros também olhem e curtam, talvez até se identifiquem.

Enfim, ainda não é um mega-blog, mas cumpre direitinho a que veio. Como hoje também é meu aniversário – afinal, comecei o Novos40 no dia que completei 40 anos – é um dia de comemoração dupla. Festejemos! \o/

Folia com energia

Ontem teve bloco de carnaval. Amantes de Glória, um dos meus preferidos. Foram três horas e 15 minutos andando, pulando, dançando e cantando junto da orquestra de frevo. Isso porque na meia hora final eu decidi que queria ir pra casa e fui. Mas, o carnaval mal começou, como ter energia para toda a folia? Trouxe aqui algumas dicas:

  •  Comer banana logo pela manhã é uma boa ideia. É fonte de energia e é cheia de potássio, ótima pra evitar cãibras.
  • Comer uma proteína e alguma gordurinha – leve! – antes de sair pro bloco e, principalmente, para beber, é uma boa ideia. Aquele ovinho mexido pode ser a grande pedida.
  • Inhame também é uma ótima fonte de energia.
  • Já sabe que a roupa tem que ser leve e o calçado confortável, certo? Não adianta fazer bonito, se for pra ficar desconfortável, dolorido.

  • Aquelas cervejinhas durante o bloco são ótimas pra quando bate aquele calorão e pra se animar, mas intercalar com água é uma boa ideia, porque álcool refresca, mas desidrata. Dá aquela balanceada, sabe? Se tiver água de coco ainda melhor.
  • Não pode esquecer de comer alguma coisa durante a folia. Se tiver fruta, maravilha! Se não, algo sem exagero de gordura ou que não tenha tempero demais é sempre melhor, pra não ter surpresas desagradáveis enquanto está na rua. Só não invente de ficar em jejum por tempo demais. Tapioca, queijo assado ou mesmo aquela fatia de pizza mussarela são boas opções.

  • O bloco é durante o dia? Se liga no protetor solar e, se possível, no chapéu de sol aberto pra poder aproveitar o carnaval até o último dia sem estar fantasiado de camarão.
  • Uma alongada no corpo antes de cair no bloco nunca fez mal a ninguém. Aqui tem um rapidinho, pra você fazer antes de sair por horas atrás da orquestra, trio elétrico ou bandinha.
  • Nada de se estressar com a quantidade de gente, com uma música que não goste, enfim, com bobagens que podem estragar a sua folia. Carnaval é multidão e mistura mesmo, um momento de alegria. Aproveite!

Uma coisa que nunca dizem, mas vou dizer: é pra você se divertir, apenas. Cansou, tá ruim, não quer mais? Vá pra casa, oras! Uma coisa boa da idade é se ligar que em grande parte do tempo você não tem obrigação de agradar ninguém, que pode fazer o que bem quiser, o que for melhor pra si. Se isso inclui abandonar o bloco no meio, vá, de boas, sem estresse. O tempo é para folia, mas também para relaxar e ficar de boas. Lembre disso e aproveite o seu carnaval da melhor forma.

Restrição calórica, mais tempo de vida

Macacos da mesma idade, mas o da esquerda visivelmente com aparência mais jovem – foto da Winsconsin-Madison University

A dieta da restrição calórica, do jejum intermitente, está longe de ser um consenso entre médicos, tanto no que se refere ao emagrecimento saudável quanto aos benefícios mesmo ao organismo. Mas, veja só, cientistas de dois laboratórios, o da Universidade de Winsconsin-Madison e National Institute of Aging, ambos nos Estados Unidos, uniram forças e chegaram à una conclusão: uma dieta restritiva pode prolongar a vida.

O estudo foi feito com mais de 200 macacus rhesus e concluiu que aqueles que comiam menos viviam mais e tinham menos problemas de saúde. Porém com alguns pontos:

  • Só funcionou em macacos já com mais idade – nos jovens não fez diferença – acho isso importante, algo que você pode fazer quando já tem certa idade, não quando é “tarde demais”.
  • Não é só uma questão de restrição calórica, mas também do que se come, se tem menos ou mais açúcar, por exemplo
  • Quando se fala em restrição calórica é restringir mesmo, comer pouquíssimo!

A pesquisa, vale repetir, foi feita com macacos. Ainda faltam mais pesquisas com humanos para saber como reagiriam, mas essas já estão em andamento. Além disso, a espécie de macacos pesquisada, rhesus, tem mutas semelhanças com humanos. Será que o futuro da longevidade é comer menos? Mais que isso: estão dispostos a isso?

Como identificar uma boa noite de sono

Você tem uma boa noite de sono? Pode ter certeza que grande parte das pessoas prontamente responde “não”, mas sabia que há estudos para identificar se você dormiu bem – quando se trata do sono da noite, não de um cochilinho? O pesquisador Maurice Ohayon, do Stanford Sleep Epidemiology Research Center junto com vários outros especialistas em sono reviram mais de 200 estudos sobre o assunto e chegaram a conclusões interessantes sobre o que é ter uma boa noite:

  1. Você leva no máximo meia hora pra pegar no sono
  2. Você levanta no máximo uma vez do sono (pra ir ao banheiro, por exemplo)
  3. Se você levanta no meio da noite, você consegue voltar a dormir em até 20 minutos
  4. Você permanece dormindo por 85% do tempo que está na cama

Pronto, agora você sabe se pode dizer se a noite de sono foi boa ou não. Agora, se foi satisfatória ou não é outra coisa: cada um tem o seu tempo certo para dormir. De uma cosia não resta dúvida: esse período de descanso é fundamental ao bom funcionamento do corpo e da mente.

Daqui.

Romãs para combater o envelhecimento

A romã, aquela fruta que por aqui se come principalmente nos finais de ano, pode ser uma aliada no combate ao envelhecimento. É o que dizem pesquisadores da Universidade de Lausanne, na Suíça. A notícia não é de hoje, é de 2016, mas eu ainda não havia publicado aqui no blog, então tá valendo. Os cientistas descobriram na fruta uma substância chamada urolithin A, que aumentou nos animais a resistência pra correr em 42%.

Essa substância é transformada no intestino e faz com que as células se protejam contra o envelhecimento, reciclando os componentes das mitocôndrias. Isso significa que não adianta se encher de romãs, porque o que vale mesmo é o elemento já transformado no intestino – e cada um é um, não reagem todos do mesmo modo, então nem todos produziriam a urolithin A. Mas, veja só, pode ser que venha um suplemente alimentar poderoso e totalmente natural por aí, que nos encha de energia! Os testes em humanos já começaram a ser feitos. Aguardemos.